Blindagem de carros: entenda como funciona e vantagens desse processo


Apesar de ser uma realidade bem distante de muitos brasileiros, a blindagem de carros é uma grande realidade no país e vem alcançando números expressivos nos últimos anos. Para se ter uma ideia, o Brasil é o país com o maior número de automóveis blindados no mundo, com uma frota de cerca de 200 mil veículos.


O desejo de garantir uma proteção a mais ao carro se dá principalmente em função da violência nas grandes cidades, como São Paulo, que reúne 70% do volume de blindados do país. E não é para menos: esses automóveis são capazes de proteger motoristas e passageiros em caso de situações em que haja disparos de armas de fogo, explosões, acidentes, entre outras vantagens.

Para que você tire todas as suas dúvidas sobre a blindagem de carro, preparamos este conteúdo especial com as principais informações sobre o assunto — desde como é feita a blindagem até os principais cuidados ao contratar esse serviço. Vamos conferir? Aperte o cinto e continue a leitura!

2. Como é feita blindagem de carro?

Antes de passar pelo processo de blindagem, primeiramente o veículo deve ser vistoriado, momento em que todas as suas funcionalidades e sistemas são verificados. Assim, se possível, analisar se ele realmente poderá receber a proteção externa.

Após a vistoria, é hora de iniciar o processo de blindagem. Para isso, as peças internas de forração, além de bancos e sistema de acionamento de vidros, são desmontadas para que a lataria receba os painéis balísticos.

Esses painéis também são instalados nas portas, painel inferior (onde ficam localizados os pedais), teto, painel corta-fogo e nos para-lamas dianteiros. Já as colunas e o tampão traseiro, além de fechaduras, retrovisores das portas e o encosto do banco, recebem aço inox.

O revestimento de aço inox, que ajuda a eliminar qualquer ponto que apresente vulnerabilidade no veículo, também é feito em toda a borda do para-brisa, vigia, portas e vidros fixos. Falando em vidros, eles são substituídos por outros especiais, compostos por polímeros e lâminas de vidros, cujo número de camadas varia de acordo com o nível proteção escolhido pelo proprietário.

Os pneus também recebem uma proteção a mais — uma espécie de cinta de aço em seu interior. Todo o processo de blindagem dura cerca de 30 dias, período no qual o proprietário do automóvel pode visitar a fábrica regularmente e acompanhar todas as etapas do processo.

3. Quais tipos de carros podem ser blindados?

Todos os modelos de veículos podem receber a blindagem, exceto os com potência menor, como os com motor 1.0. Essa recomendação é importante porque a blindagem eleva bastante o peso do veículo, reduzindo o seu desempenho e provocando um desgaste acelerado de peças e equipamentos, como suspensão, amortecedores, entre outros. E mais: carros conversíveis também não passam pelo processo de blindagem.

Por sua vez, os modelos SUVs são considerados os melhores carros para se blindar. Toyota Corolla, Honda Civic e Volkswagen Tiguan, por exemplo, são utilitários esportivos altos e bem robustos e, por isso, apresentam as condições ideias para receber o procedimento.

4. Quais são os níveis de blindagem?

Ao todo, são seis os tipos de blindagem, que variam de acordo com o tipo de proteção pretendida pelo dono do carro. Conheça quais são eles:

  • nível I — protege contra munições de calibre 22 e 38. Apesar de ser o nível mais barato, é o mais básico e oferece uma proteção limitada; 
  • níveis II e II-A — resistem a tiros de revólver 357 Magnum e pistola 9 mm;
  • nível III-A — guarda contra disparos de todos os calibres de armas de mão, além de submetralhadoras 9 mm e revólveres 44 Magnum. É o nível mais comum e representa cerca de 98% dos procedimentos desse tipo realizados no Brasil;
  • nível III — de uso restrito, resiste a tiros de fuzis. No entanto, seu processo é mais demorado e aumenta bastante o peso do carro, o que limita a quantidade de modelos que podem suportá-lo;
  • nível IV — protege contra disparos de metralhadora, mas é proibida para civis. Pode ser usada por pessoas jurídicas, como transportadoras de bens de valor, por exemplo.

É importante lembrar que, no Brasil, os motoristas podem ter uma blindagem apenas até o nível III-A. Esse processo acrescenta entre 150 e 250 kg ao peso do carro — o mesmo que dois ou três passageiros a mais. Uma vez que todo esse peso sobressalente pode alterar o centro de gravidade do veículo, é essencial que o motorista redobre a atenção na direção.

5. Quais documentações são necessárias?

Para que a blindagem de carro seja efetuada, o ponto de partida é solicitar a autorização do Exército Brasileiro. Com esse documento em mãos, você já pode levar o veículo para uma empresa que presta serviços de blindagem para iniciar a realização do procedimento.

Enquanto isso, você deve solicitar o Certificado de Registro ao Exército, documento exigido desde 2017, e a Declaração de Blindagem, também no mesmo local. Para retirar esses documentos, serão verificados os antecedentes criminais do solicitante.

Por fim, é hora de levar esses documentos até o Detran de sua cidade e incluir a blindagem no CRLV do automóvel. Todo o processo de solicitação da documentação dura, em média, 30 dias. Caso um proprietário já tenha um carro blindado regularizado, não é necessário ir atrás de outro Certificado de Registro.

Para ajudar você na hora de encontrar a blindadora mais adequada para o procedimento, separamos algumas dicas muito importantes. Dá só uma olhada:

  • faça uma visita à empresa e observe se ela tem as certificações do Exército autorizando a prestação desse serviço;
  • analise os materiais balísticos utilizados e o processo de blindagem, assim como o serviço de pós-venda e os testes realizados;
  • veja se o serviço tem garantia e se o prazo de entrega está de acordo com as suas necessidades;
  • fique de olho nas peças — elas devem ser embaladas, numeradas e armazenadas de forma correta;
  • observe se o interior do carro, incluindo principalmente a fiação, o painel e o volante, são protegidos durante o processo de blindagem;
  • pergunte se, após a conclusão do procedimento, será feita a inspeção do automóvel. Essa etapa é essencial para verificar se tudo está funcionando da forma como deveria.

6. Quais são as vantagens da blindagem?

Como a blindagem de carro funciona como uma verdadeira armadura, ela aumenta e muito a proteção dos ocupantes do veículo. Quer saber mais sobre essa e outras vantagens de investir nesse procedimento? Confira abaixo!

Protege contra tiros e explosões

Como já abordamos, a blindagem é uma das principais formas de proteger o motorista e seus passageiros da violência das grandes cidades. Afinal, esse serviço evitará que você sofra ferimentos em uma explosão, durante um tiroteio ou em um assalto, por exemplo.

Garante a sensação de segurança

Se os riscos de um assalto, acidentes ou de ser atingido por um disparo de arma de fogo diminui ao utilizar um veículo blindado, pode ter certeza de que isso garantirá uma grande sensação de segurança e bem-estar. Estes são benefícios e tanto para motivar você a fazer esse investimento, não?

Isola os ruídos externos

Se você acha que estará protegido apenas da violência ao ter um automóvel blindado, está muito enganado. Isso porque o procedimento garante um isolamento acústico considerável, fazendo com que diferentes tipos de ruídos, desde o barulho de buzinas, pessoas gritando até o da chuva, passem despercebidos para quem está no interior do veículo.

Sem a distração provocada por esses barulhos, uma grande vantagem é que seu nível de concentração melhorará bastante.

7. Como é a manutenção e os cuidados específicos?

Após 10 mil quilômetros rodados, é essencial buscar uma empresa especializada para que seja feita a revisão na blindagem do automóvel. E quanto aos cuidados específicos? Saiba que existem diversas recomendações para que o carro fique bem conservado e você não precise encarar nenhum imprevisto. A seguir, você confere as principais.

Observe o amortecedor e os freios

As peças que compõem os sistemas de amortecimento e freios podem sofrer bastante com o aumento do peso do automóvel causado pela blindagem na lataria e nos vidros. Assim, é fundamental fazer a manutenção preventiva nesses sistemas a cada 10 mil quilômetros rodados.

Caso qualquer sinal de problema apareça, siga imediatamente para a oficina na qual a instalação da blindagem foi feita para certificar-se de que nenhum equipamento foi comprometimento.

Fique atento ao estado dos pneus

Os pneus também são bastante afetados pelo peso a mais da blindagem, gerando um desgaste maior e exigindo revisões constantes do estado de conservação desses itens. Vamos combinar que, em uma situação de perigo, pneus em boas condições são essenciais, não é mesmo? Portanto, garanta que eles estejam sempre em bom estado checando-os a cada 5 mil quilômetros e trocando-os quando necessário.

Utilize e lave os vidros de forma adequada

Os vidros de veículos blindados são especiais e contam com camadas de policarbonato, o que demanda alguns cuidados muito importantes. O primeiro deles diz respeito ao seu uso: como são mais pesados dos que os vidros originais de fábrica, seus mecanismos de subida e descida são bastante sensíveis ao uso contínuo. Assim, a dica é dirigir com os vidros sempre fechados.

Você também precisará de bastante atenção na lavagem dos vidros. Isso porque é recomendado apenas o uso de água e sabão neutro para a higienização, especialmente no caso das janelas laterais. Caso eles sejam forçados de maneira excessiva ou produtos abrasivos sejam utilizados, o mecanismo de sustentação dos vidros pode estragar, o que impede o seu funcionamento adequado.

Fique atento no dia a dia

Além dos cuidados com partes específicas do veículo que você conferiu acima, existem outras dicas muito importantes para não danificar as camadas da blindagem e garantir a sua conservação ao dirigir. Conheça:

  • não deixe o carro exposto a condições climáticas severas por muito tempo, como muito sol ou chuva, por exemplo;
  • evite choques térmicos;
  • não estacione o automóvel com a roda em desnível, como ao parar enquanto parte dela está sobre o meio-fio.

Tenha uma cobertura de proteção

Muitas pessoas podem até achar que um carro blindado oferece 100% de proteção no dia a dia, mas não é bem assim. Como inevitavelmente você precisará sair do veículo uma hora ou outra, seja para ir a um supermercado, shopping ou restaurante, por exemplo, nesses momentos alguns assaltantes podem se aproveitar da situação para roubar o veículo.

Dessa forma, o seguro do automóvel blindado é muito importante para garantir uma proteção completa. Sabia que existem dois tipos de seguros para esses automóveis? São o seguro compreensivo e o seguro parcial.

No primeiro caso é contratado uma cobertura adicional, que contará com valores próprios e diferentes limites de franquias e indenização. Já o seguro parcial, feito somente para furto e roubo, é o preferido de quem opta pela blindagem de carro. Isso porque ele não tem franquia, aceita todos os modelos de automóveis e é até 80% mais barato do que um seguro completo.

Mantenha contato com a blindadora

Se você seguir nossas orientações para encontrar a melhor empresa especializada em blindagem, terá uma parceira de confiança e qualidade ao seu lado. Assim, recorra a ela caso surja qualquer dúvida ou se o veículo apresentar algum problema e precisar de manutenção.

8. Conclusão

Neste artigo, você conferiu as principais informações sobre a blindagem de carro, desde como esse procedimento é feito até as vantagens e os principais cuidados. Com esse conhecimento, é possível pesar todos os prós e os contras de fazer esse investimento e saber se esta é realmente uma boa opção para você.

Não se esqueça de buscar esse serviço apenas em empresas especializadas em blindagem, garantindo que você tenha à disposição um veículo adequado, de qualidade e pronto para garantir a sua segurança e a de sua família!

9. Sobre o Grupo AB

Nós, do Grupo AB, fazemos parte de uma das redes de concessionárias mais tradicionais do estado do Rio de Janeiro. O nosso objetivo é compreender as demandas dos nossos consumidores para melhor atendê-los.

Temos um catálogo de produtos bastante variado, com automóveis, caminhões, ônibus e motos (novos e seminovos), além de serviços complementares, como financiamentos, manutenções, revisões e seguros automobilísticos.

Contamos com uma equipe de mais de mil colaboradores, profissionais aptos e dispostos a oferecer o melhor para você — algo que realizamos desde 1968.



Notícias recentes
Nissan March
Nissan March Saiba mais...
Saiba o que é e para que serve a correia dentada do carro!
Saiba o que é e para que serve a correia dentada do carro! Saiba mais...
Saiba quais foram eleitos os melhores carros do ano de 2018
Saiba quais foram eleitos os melhores carros do ano de 2018 Saiba mais...
Saiba como evitar o desgaste prematuro dos pneus do carro
Saiba como evitar o desgaste prematuro dos pneus do carro Saiba mais...
Receba novidades por e-mail
Campo obrigatório Digite seu Nome
Campo obrigatório Informe um e-mail válido Informe um e-mail válido