Confira algumas dicas para você cuidar da limpeza do seu carro


Proprietários de carros costumam se dividir em duas categorias: a dos que gostam de dar um trato no carango com as próprias mãos e a dos que odeiam até mesmo levá-lo a uma empresa especializada para que o serviço seja executado por terceiros.


Também podemos incluir uma subcategoria a este último grupo: a dos que não gostam de colocar a mão na massa, mas precisam fazer uma ou outra coisa para economizar aquela graninha mensal.

Pensando nisso, conversamos com Carolina Ferreira, diretora do centro de estética automotiva LuxGlass Garage Detail. Ela deu várias dicas de como fazer a limpeza do carro direto de casa — que incluem desde orientações para lavar, tirar manchas e encerar o veículo até cuidados com o interior, vidros e rodas do automóvel. Acompanhe!

Fique atento durante a lavagem

Ao lavar o carro, é importante que você se certifique de que o sabão usado — ainda que seja o detergente surrupiado da cozinha — tenha pH neutro. Também vale a pena ressaltar a necessidade de evitar ensaboar o carro inteiro para depois enxaguar, pois o recomendado é fazer isso por partes para o sabão não secar.

Além disso, nada de deixar o veículo secar no tempo, já que as gotas de água podem cumprir o papel de uma lente ou lupa sobre a pintura, projetando luz e calor. Por isso, sem preguiça: pegue um pano e seque a lataria!

Tenha cuidado ao limpar seiva de árvores, fezes de pássaros, piche e graxa

Comuns em veículos estacionados na rua, a seiva de árvores e os dejetos de pássaros danificam o verniz. Por isso, devem ser retirados imediatamente ou o quanto antes, já que o risco de prejuízos à pintura é bastante considerável.

Uma boa dica: remova esse tipo de sujeira usando a metade de um limão. Além de a acidez ajudar a eliminar diversos detritos, os gomos são macios e impedem que a sujeira seja raspada, o que arranharia a superfície. Mas é claro que, após a finalização do processo, é necessário lavar o local para tirar o suco da fruta.

O limão também consiste em uma excelente alternativa para retirar graxa. Já o piche pode sair com um desengripante automotivo em vez de querosene, por exemplo, que oferece um risco de elevada agressividade.

Lembre-se de retirar o sereno

Em locais poluídos, como nas grandes cidades, o sereno por vezes se forma com acidez muito alta.

Portanto, é recomendado dar ao menos uma “mangueirada” ou ducha para retirá-lo — além de secar o automóvel, claro.

Encere o veículo

A cera protege o verniz, que por sua vez atua promovendo a preservação da pintura. Indica-se uma atenção especial para veículos vermelhos e amarelos, que no geral perdem o brilho muito rápido.

Nesse caso, se o carro fica exposto ao sol, é fundamental encerá-lo todo mês com um produto que ofereça proteção contra raios ultravioleta.

Lave as rodas e pneus

Caso as rodas estejam sujas demais, use um desengraxante, se possível dentro de um pulverizador. Na sequência, limpe-as com uma estopa. Para pneus, evite passar “pretinho” feito com ingredientes à base de açúcar, que atraem insetos e roedores.

Se você gosta muito do efeito desse produto, porém, basta recorrer ao silicone empregado para passar nas unhas ou nas mãos.

Limpe corretamente as partes plásticas e borrachas

Para proteger, hidratar e dar brilho às partes plásticas e borrachas do carro, use cera de carnaúba pura depois da lavagem.

Esse material entrega ótimos resultados quando aplicado nas superfícies para as quais é apropriado.

Cuide do painel

Sempre tome o devido cuidado com a aplicação de silicone. Cada produto tem uma formulação diferente, podendo comprometer o pigmento ou até soltar tinta do painel. Para limpar o local, a melhor saída consiste em usar apenas um pano úmido.

Caso queira proteger o painel dos efeitos do sol, opte por películas ou até pelo bom e velho papelão junto ao vidro.

Tire as manchas

Especificar um produto para tirar manchas é complicado, pois tudo depende do tecido e da tonalidade do local a ser limpo.

Tome cuidado com água oxigenada e dê preferência ao vinagre de álcool, que agrega a acidez necessária para tirar manchas e propriedades de limpeza do álcool. Essa substância costuma apresentar boa eficiência na remoção de marcas de tinta, por exemplo.

Com a intenção de eliminar gordura, utilize um papel-toalha para tirar o excesso e absorver o que entranhou no banco. Depois, passe vinagre de álcool, sabão e pano seco. É preciso ter atenção para a ordem de aplicação dos produtos.

Para remover manchas de vinho, café ou refrigerante, nunca comece pela água, que aumenta o tamanho da superfície danificada. O ideal é iniciar o processo aplicando um tira-manchas (de pré-tratamento) com papel-toalha, e só então passar um pano úmido.

Nunca esfregue os bancos

Evite usar esfregões em bancos de tecido, pois suas cerdas ocasionam um aumento do risco de arrebentar a linha de costura.

Por isso, o ideal é usar o aspirador e um pano úmido. Para quem tem filhos pequenos, uma boa medida preventiva consiste em impermeabilizar os bancos.

Preste atenção no couro

Use sabonete branco de banho durante a limpeza de materiais de couro, de preferência os hidratantes, já que ele não tem pigmentos. Além disso, faça uma solução em água e esfregue com esponja bem macia ou um pano. Em seguida, seque com um pano seco.

Também existem produtos específicos para essa finalidade. Além de limpar, é preciso hidratar o couro. Para isso, o uso de hidratantes corporais não se indica pois, com o passar do tempo, podem agredir o material.

Aí não tem jeito: será necessário um produto específico. Também vale mencionar a recomendação de ter cuidado com as costuras.

Aspire todas as sujeiras

Lembra quando falamos para você usar um aspirar de pó na hora de limpar os bancos? Não se esqueça de aspirar todas as outras sujeiras presentes no interior do veículo! Passe aspirador nos tapetes, carpetes, porta-malas, porta-objetos, entre outras partes e acessórios.

O ideal é que essa dica seja colocada em prática assim que você começar a limpeza interna. Afinal de contas, se alguma parte exigir lavagem, já estará livre de poeira e outras sujeiras.

Higienize os vidros

Para tirar manchas dos vidros, dilua uma colher de sopa de bicarbonato em meia xícara de água, formando uma solução pastosa.

Essa pasta também pode ser aplicada nos faróis e lanternas, que demandam bastante atenção ao selecionar produtos de limpeza do carro.

Proteja itens e equipamentos

Essa dica é voltada aos mais detalhistas: para conservar a placa, aplique papel contact transparente. Se der bolhinhas, fure-as com uma agulha e passe uma espátula para acertar.

Visando a proteção das soleiras das portas e maçanetas — que costumam ficar arranhadas se motorista ou passageiros têm unhas grandes — use vinil transparente. O preço de um metro deste material é barato (cerca de R$ 10,00) e dá para proteger tudo, bastando recortar e aplicar com água e uma espátula.

Seja cuidadoso com tapetes

Para limpar os tapetes do carro, o primeiro passo é retirá-los do automóvel. Em seguida, dê aquela clássica “sacudida” para retirar a sujeira.

Depois, você pode tanto passar um pano úmido no item — caso não ele esteja muito sujo — ou usar água e sabão, ensaboando-o e fazendo o enxague na sequência.

Não se esqueça do motor

Muitas pessoas têm dúvidas quanto à lavagem do motor, e é importante destacar que sim, ele precisa ser limpo de vez em quando. No entanto, isso só deve acontecer quando há sujeiras grossas e perceptíveis — como lama seca, por exemplo — e uma higienização semestral já é suficiente.

O motor deve estar frio, com o carro desligado, e você deve usar um pano úmido para remover as sujeiras. É possível se valer de uma mangueira para fazer a lavagem, mas todas as peças dos módulos de injeção exigem cobertura com um saco plástico.

Jamais empregue uma lavadora com alta pressão, assim como solventes, desengraxantes a base de petróleo e sabão em pó. O motivo? Eles podem reagir com as borrachas de vedação e danificá-las. Nesse caso, prefira produtos específicos para a lavagem.

Utilize os produtos corretos

Você tem um kit de limpeza automotiva? Pois saiba que ele pode ser encontrado em qualquer loja especializada e até mesmo em supermercados. Conheça alguns dos itens mais do que necessários na hora da faxina do carro:

  • shampoo para limpeza dos pneus;
  • cera para polimento da pintura;
  • shampoo para lavagem da carroceria e das partes plásticas do exterior do automóvel;
  • produto à base de silicone para o painel;
  • limpa vidros;
  • luva de lavagem automotiva;
  • esponja;
  • flanela.

Ao longo do post, conferimos as principais dicas na hora de fazer a limpeza do carro. Deixe os maus hábitos de lado e siga todas as orientações listadas no conteúdo para dar aquele trato no veículo e deixá-lo nos trinques, com cheiro de novo e brilhando!

Você já assina a newsletter do nosso blog? Não? Então aproveite a visita e faça isso agora mesmo, para receber todas as novidades via e-mail!



Notícias recentes
Confira 4 vantagens de ter um carro com teto solar
Confira 4 vantagens de ter um carro com teto solar Saiba mais...
Saiba o que é e para que serve a correia dentada do carro!
Saiba o que é e para que serve a correia dentada do carro! Saiba mais...
Saiba quais foram eleitos os melhores carros do ano de 2018
Saiba quais foram eleitos os melhores carros do ano de 2018 Saiba mais...
Saiba como evitar o desgaste prematuro dos pneus do carro
Saiba como evitar o desgaste prematuro dos pneus do carro Saiba mais...
Receba novidades por e-mail
Campo obrigatório Digite seu Nome
Campo obrigatório Informe um e-mail válido Informe um e-mail válido