9 dicas para saber o momento certo de trocar de carro


Há quanto tempo você está com o mesmo carro? Tem notado barulhos estranhos, gasto muito dinheiro em consertos na oficina e tem a impressão de que, a qualquer momento, ele pode estragar e deixar você na mão? Talvez seja a
hora de trocar de carro!


O problema é que, muitas vezes, a vontade de adquirir um novo veículo é tão grande que colocamos a emoção frente à razão, o que torna tão importante ficarmos atentos para saber se essa é a hora certa e avaliar a real necessidade de fechar um negócio.

Então, aí vem a pergunta mais importante: você realmente sabe quando trocar de carro? Se
quer tomar uma boa decisão, continue a leitura deste post para conhecer os
principais sinais que indicam o momento ideal para adquirir um novo modelo!

1. Gastos altos com manutenção 

Todo carro precisa passar por manutenções de tempos em tempos, para garantir o seu bom desempenho e segurança. Entretanto, se você tem ido à oficina bem antes do previsto e mais vezes do que o normal, pode ser um indicativo de que chegou o momento de trocar de carro. 

Além disso, os valores elevados nas manutenções também devem ser considerados. Por isso, fique atento se estiver gastando mais de 10% do valor de venda do seu veículo por ano (incluindo custos de rotina, como troca de óleo).

2. Quilometragem alta 

Mesmo que você cuide muito bem do seu carro, fazendo todas as revisões necessárias e em dia, a quilometragem
não nega os desgastes naturais do veículo. Quando o carro atinge cerca de 60 mil quilômetros rodados, os problemas começam a aparecer e, consequentemente, as visitas ao mecânico aumentam consideravelmente. 

Mas é importante ficar claro que é possível manter um carro em ótimas condições, apesar da quilometragem avançada. Isso, graças aos cuidados frequentes que vão ajudar a evitar alguns dos principais problemas, como fazer a troca do óleo e dos filtros regularmente, e levar o automóvel para revisão.

3. Estado do motor 

Com o uso do veículo, é natural que o motor sofra impactos e comece a apresentar problemas, principalmente se você não tiver muito cuidado com as trocas periódicas de óleo, aditivos e água do veículo. 

Desse modo, é fundamental ficar de olho no funcionamento do motor. O superaquecimento e o vazamento de água, por exemplo, podem ser sinais de problemas sérios, como sua fundição — o que, geralmente, apresenta preços absurdos e, dependendo do veículo, nem vale a pena realizar a troca. Portanto, se o “coração” do seu carro está apresentando complicações, não perca tempo em trocá-lo. 

4. Desvalorização no mercado 

Todos os anos, as montadoras lançam novas versões do mesmo modelo de veículo.
Quando isso acontece, há uma desvalorização dos modelos antigos. Não estamos dizendo que você precisa acompanhar e trocar de carro a cada lançamento, pois, além de ser desnecessário, isso é inviável para a maioria das pessoas. 

No entanto, é preciso ficar atento às novidades e notícias em relação ao assunto, pois é comum muitos deles ficarem ultrapassados ou até mesmo saírem de linha. Esse é um forte indicativo de que talvez seja melhor vender o seu carro antes que você tenha grandes prejuízos, em consequência da desvalorização ainda maior. 

5. Desgaste natural

Mesmo que você seja o motorista mais cuidadoso das ruas, adotando os cuidados necessários para garantir uma maior vida útil do automóvel, ainda assim sua máquina precisará começar a passar por reparos algum dia, devido ao desgaste natural.

Como o próprio nome já diz, esses problemas são naturais e inevitáveis, e começam a aparecer a partir dos 60 mil quilômetros rodados, como já abordados por aqui — pneus, embreagem, amortecedores, disco de freio e
diversos outros itens começam a se desgastar e apontam que pode ser a hora certa de procurar um novo modelo.

6. Término da garantia

Outro sinal de que é hora de trocar de carro é o fim da garantia do automóvel. A maioria das montadoras e concessionárias oferecem uma garantia de 3 a 5 anos, o que significa que, após esse período, você terá que tirar dinheiro do próprio bolso para arcar com a conta da oficina – o que não será nada vantajoso.

7. Melhores condições de financiamento

Muitos motoristas se sentem receosos em comprar um carro novo devido ao fato de não terem uma vida financeira organizada. Pois saiba que, hoje em dia, o financiamento de veículos oferece diversas condições favoráveis para quem não tem o valor à vista para pagar o carro.

Apesar dos juros e taxas, é possível contar com vantagens como receber o automóvel poucos dias após a compra, dar um valor de entrada para diminuir o valor das parcelas ou recorrer à um método chamado leasing, em que a instituição bancária compra o carro e o aluga a você. Portanto, analise com atenção as condições do financiamento e escolha a forma de pagamento que for mais adequada à sua realidade.

8. Insatisfação com o veículo

Existem motoristas que contam com uma relação de quase amor com seus carros, entendendo-os como se fossem parte da família, mesmo com o passar dos anos. O problema é quando essa relação entre homem e máquina, por fim, acaba.

Se o seu carro não lhe agrada mais como antes, seja porque a direção o está deixando insatisfeito ou porque ele apresenta mais problemas do que soluções, por exemplo, não há porque ficar com o automóvel, não é mesmo?

9. Mudança de necessidades

Pode ser que seu carro não esteja apresentando problemas mecânicos, porém não atenda mais às suas necessidades. Um bom exemplo é quando a família cresce com a chegada dos filhos. Nesses casos, pode ser
necessário comprar um veículo mais espaçoso para o conforto de todos.

As questões profissionais também devem ser levadas em consideração, como em situações em que as viagens a trabalho passam a ser recorrentes e, por isso, é necessário obter um modelo mais econômico e adequado para as estradas.

Neste post, você conferiu as principais dicas sobre quando trocar de carro. Se percebeu que o seu veículo apresenta um dos problemas da lista, ou até mesmo mais de um, analise os prós e contras para tomar a melhor decisão. E não se esqueça de nunca ser impulsivo e agir com calma, pensando em todas as hipóteses
para não se arrepender mais tarde.

Se, depois de conhecer todas as nossas dicas, você realmente acredita que é hora de comprar um novo veículo, continue a sua visita em nosso blog e confira 4 razões para comprar um carro novo em 2019!

Notícias recentes
Confira 4 vantagens de ter um carro com teto solar
Confira 4 vantagens de ter um carro com teto solar Saiba mais...
Saiba o que é e para que serve a correia dentada do carro!
Saiba o que é e para que serve a correia dentada do carro! Saiba mais...
Saiba quais foram eleitos os melhores carros do ano de 2018
Saiba quais foram eleitos os melhores carros do ano de 2018 Saiba mais...
Saiba como evitar o desgaste prematuro dos pneus do carro
Saiba como evitar o desgaste prematuro dos pneus do carro Saiba mais...
Receba novidades por e-mail
Campo obrigatório Digite seu Nome e Sobrenome
Campo obrigatório Informe um e-mail válido Informe um e-mail válido
Campo obrigatório