Golf GTE: conheça o esportivo híbrido da Volkswagen


A história da Volkswagen é marcada por veículos bastante emblemáticos, como o Fusca e a Kombi, por exemplo. Apesar de terem saído de linha, ambos continuam na memória dos motoristas mais saudosistas.


Em 1999, na cidade de São José dos Pinhais, no Paraná, a fabricante alemã deu início no Brasil à produção de outro modelo popular: o Golf. No entanto, o automóvel já era vendido em países europeus desde 1974.

Em seus quase 50 anos de história, o Golf passou por muitas modificações e, no começo do novo século, chegou a ser considerado um dos carros mais modernos fabricados por aqui. Ele está em sua oitava geração e ganhou inclusive uma versão esportiva híbrida, o Golf GTE.

Trata-se do primeiro modelo elétrico da Volkswagen, o primeiro de seis outros veículos eletrificados prometidos pela marca até 2023. Quer saber mais sobre esse automóvel e suas inovações? Continue a leitura!

Motorização

O grande diferencial do Golf GTE é a motorização híbrida. Além de ser equipado com motor 1.4 TSI de 150 cv e 25,5 kgfm — somente à gasolina —, o carro usa propulsor elétrico de 102 cv (75 kW) e 33,6 kgfm. Assim, a potência combinada é de 204 cv (150 kW), enquanto o torque máximo chega a 25,7 kgfm.

O modelo também conta com câmbio automatizado de seis marchas e dupla embreagem, o que aumentou consideravelmente seu desempenho.

Preço

O principal ponto negativo do modelo está no preço: ele custa R$ 199.990,00. O valor fica bem acima do GTI, que custa R$ 151.530,00.

Desempenho

O Golf GTE consegue acelerar de 0 a 100 km/h em 7,6 segundos, atingindo uma velocidade máxima de 222 km/h. Isso quer dizer que é somente seis décimos de segundo mais lento que o primo GTI. Já usando apenas a carga das baterias, ele roda por 50 quilômetros em uma velocidade de até 130 km/h.

O bom desempenho do veículo é garantido principalmente por sua tração elétrica, que entrega torque instantâneo. A suspensão firme e a transmissão competente também contribuem para uma ótima dirigibilidade.

Modos de condução

O veículo conta com cinco modos diferentes de condução:

  • e-mode utiliza apenas a eletricidade das baterias;
  • Hybrid Auto trabalha com os dois motores em conjunto, alternando-os segundo a situação;
  • Battery Hold ao dirigir, o estado de carga da bateria é mantida;
  • Battery Charge o motor à combustão é usado para fazer a recarga durante os deslocamentos;
  • GTE modo mais radical, permite respostas de prontidão ao menor toque no acelerador, alterando diferentes parâmetros (motor, câmbio, transmissão, direção, freio elétrico e até emulador de som).

Recarga

Você não vai precisar se preocupar na hora de recarregar o Golf GTE, pois isso pode ser feito facilmente na rede doméstica ou em estações. Além do mais, existe a possibilidade de recorrer à recarga padrão ou ao carregamento com carga programada.

Utilizando uma tomada comum e um adaptador, a recarga leva cerca de três horas e 45 minutos. Mas se você optar por reduzir o tempo, basta empregar um wallbox de 2,7 kW: como ele usa um conector Tipo 2 sem o plugue, a recarga é rápida e com corrente alternada, ocorrendo em apenas duas horas e 15 minutos.

Consumo

O consumo do Golf GTE é bastante baixo, de apenas 66 km/l se você usar a eletricidade na maior parte do tempo e pisar no acelerador levemente.

Interior

O charme do automóvel fica assegurado graças aos bancos esportivos com o tradicional tecido xadrez do GTI, que aqui tem como tom predominante o azul, cor usada pela marca para identificar seus modelos eletrificados. Não à toa, a tonalidade também marca presença nas luzes de ambiente.

Já o painel de instrumentos digital Active Info Display é comum ao GTI e conta com todas as informações relativas ao funcionamento do sistema híbrido em uma tela de alta resolução. Rádio e navegação também são disponibilizados.

Faróis

O carro tem faróis em LED, bem mais eficientes e com espectro maior de alcance em relação às tradicionais lâmpadas amarelas. Além disso, graças ao sistema Front Light Assist, ativado acima dos 60 km/h, acontece um ajuste automático entre o farol alto e o baixo. Assim, a iluminação não incomoda outros condutores no trânsito.

Também há uma luz de condução diurna no para-choque dianteiro, reforçando o design moderno do modelo e ainda incentivando a visibilidade.

Itens de segurança

O trajeto dos motoristas se dá com muito mais segurança devido a diversos acessórios, como os sete airbags, sendo dois frontais, dois laterais, dois de cortina e um de joelho exclusivamente para o condutor.

Já o recurso ESC (Controle Eletrônico de Estabilidade) evita a perda de estabilidade direcional em caso de mudanças repentinas de direção ou ao entrar em curvas. O volante saiu de trajetória? O carro percebe a situação, desacelera o motor e aciona os freios individualmente, fazendo com que ele volte à sua trajetória.

Há ainda o detector de fadiga, que determina se a concentração do motorista está dispersa ao analisar seu comportamento na direção. Caso detectada fadiga, o veículo emite um aviso visual e sonoro para mostrar que é hora de fazer uma pausa.

Outros equipamentos

O que não falta são acessórios e recursos ao veículo. Entre os itens de serie que mais chamam a atenção, figuram as rodas de liga leve de 16 polegadas e design exclusivo, controle de estabilidade e tração e freio de mão de acionamento elétrico.

Além disso, o Golf GTE carrega controle de cruzeiro adaptativo, central multimídia Discover Media Pro com tela de 9,2 polegadas e a tecnologia Climatronic Dual Zone, que possibilita a programação de duas zonas de temperatura diferentes — uma para o motorista e outra para os passageiros.

Como você percebeu, o Golf GTE se destaca por ser bastante ágil, apresentar um ótimo desempenho e ser gostoso de dirigir. No entanto, pode trazer receio por seu preço alto. Mas como esse é o primeiro carro elétrico da Volkswagen, outros modelos mais acessíveis devem começar a receber produção em breve.

De toda forma, visitar uma concessionária é imprescindível para conhecer o Golf GTE de perto e experimentá-lo num test-drive. Quer saber mais sobre o assunto? Descubra como fazer um bom negócio ao comprar carro na concessionária!



Notícias recentes
Nissan March
Nissan March Saiba mais...
Saiba o que é e para que serve a correia dentada do carro!
Saiba o que é e para que serve a correia dentada do carro! Saiba mais...
Saiba quais foram eleitos os melhores carros do ano de 2018
Saiba quais foram eleitos os melhores carros do ano de 2018 Saiba mais...
Saiba como evitar o desgaste prematuro dos pneus do carro
Saiba como evitar o desgaste prematuro dos pneus do carro Saiba mais...
Receba novidades por e-mail
Campo obrigatório Digite seu Nome
Campo obrigatório Informe um e-mail válido Informe um e-mail válido