Carro híbrido ou carro elétrico: qual é a melhor opção para comprar?


Em algum momento da história as pessoas não acreditavam que carros substituiriam cavalos e charretes. Nos anos 90, pouca gente vislumbrava o impacto da internet e dos smartphones em nossas vidas, e não demorou muito tempo para ambos marcarem forte presença diária.


Da mesma forma, o carro híbrido já está à venda no mundo inteiro, mas em menor quantidade do que os movidos exclusivamente a combustão. Os elétricos também representam uma tendência irreversível, e aparecem em diversas marcas e modelos, a exemplo do Nissan Leaf.

Quer saber mais sobre carros híbridos e elétricos, e qual seria a melhor escolha atualmente? Continue a sua leitura e confira as principais particularidades de cada um!

A preocupação ambiental

Os veículos a combustão ainda respondem pela grande maioria no mundo todo, usando derivados do petróleo ou, em alguns casos, biocombustíveis como o etanol. A gasolina é um exemplo de combustível oriundo do petróleo, e a necessidade de desenvolver outras opções surge do fato de esse mineral ser extremamente poluente, além de não-renovável.

A emissão de gases prejudiciais à saúde e que estimulam o aquecimento do planeta acontece, em menor nível, com o etanol. O Brasil foi um dos primeiros países a apostar nesse combustível, feito com a cana de açúcar, que além de ter um grande potencial energético, também é uma cultura bastante apropriada para o solo brasileiro.

Há séculos somos grandes produtores de açúcar e exportamos para o mundo todo, o que já indicava essa facilidade para cultivar a cana em nosso território. Trata-se, aliás, de vegetal que cresce rápido e constitui uma forma de energia renovável.

Mas há variáveis que tornam esse combustível um tanto quanto incerto. Entre elas o volume das safras e a competição com o açúcar, que podem ser mais vantajosos para se produzir e exportar, especialmente quando o dólar sobe e o item sofre com a escassez nos grandes mercados globais.

O avanço tecnológico tem tornado cada vez mais viáveis os carros híbridos e elétricos, e os modelos disponíveis no mercado apresentam boa aceitação por parte do público. Mas há outros fatores que influenciam na aceitação, como a estrutura oferecida nas cidades e estradas e a necessidade de barateamento da tecnologia.

O carro híbrido

Se os veículos flex recebem esse nome pois recebem dois tipos de combustíveis, os híbridos, por sua vez, são movidos a duas formas de energia: elétrica e a combustão. Eles têm dois motores que atuam em conjunta, aumentando a autonomia do veículo em ambos os casos.

Isso significa que o motor elétrico funciona com maior autonomia em relação aos veículos exclusivamente elétricos, e o motor a combustão também faz mais quilômetros por litro de combustível. Mas existem tipos diferentes de carros híbridos; confira quais são.

Híbrido-paralelo

Nos carros híbridos com esse tipo de sistema, os dois motores geram tração para o carro. Usualmente o motor elétrico movimenta as rodas do eixo dianteiro, enquanto o motor a combustão gera tração para as rodas traseiras.

Híbrido-série

Nos veículos com esse sistema apenas o motor elétrico produz tração. Já o motor a combustão cumpre a função de carregar a bateria do motor elétrico, como uma espécie de alternador.

Híbrido-misto

Nesse tipo de veículo, ambos os motores geram tração para o veículo, mas um outro sistema avalia qual dos dois atuará de acordo com o tipo de condução. Por exemplo, em baixas velocidades, como nos trechos urbanos, ele em geral utiliza o motor elétrico.

Em rodovias, por sua vez, o sistema prefere colocar em ação o motor a combustão, mas também é possível que o condutor promova essa transição. Quando o motor elétrico é utilizado, o movido à combustão atua para recarregar a bateria junto ao sistema de frenagem, responsável por transformar a energia gerada ao acionar os freios em carga para a bateria.

O carro elétrico

O carro elétrico não utiliza motor a combustão, portanto é o menos nocivo ao meio ambiente. Ele é carregado na tomada residencial ou em estações de recarga nas estradas, atualmente disponíveis em alguns postos de combustíveis. Também faz um pouco de barulho, o que não significa baixa potência, pois seu desempenho se compara ao de carros esportivos.

Apesar de obviamente consumir energia elétrica, cobrada na sua fatura mensal ou a cada uso nas estações de recarga, essa opção ainda é mais vantajosa e econômica que as envolvendo combustão. E o veículo elétrico ainda funciona como um gerador ambulante, permitindo que a energia armazenada nele seja utilizada em outras finalidades, algo bastante útil quando falta energia da rua.

De quebra, ele representa uma tendência em rápido desenvolvimento no mundo todo. No Brasil já são pelo menos cinco modelos disponíveis para o público.

As vantagens e desvantagens de cada um

A maior vantagem de ambos é a menor nocividade ao meio ambiente. Isso contribui com a qualidade de vida nas cidades e para o planeta a médio e longo prazo, reduzindo a demanda de combustíveis emissores de gases poluentes e não renováveis, como no mencionado caso dos derivados do petróleo.

O carro híbrido é mais vantajoso, ao menos atualmente. Afinal, ele tem manutenção semelhante à dos veículos a combustão e dispensa o uso de estações de recarga. Quando a bateria do motor elétrico se esgota, ele atua como um carro movido somente a combustão.

Já o veículo elétrico sai perdendo na autonomia, que pode ser baixa demais para viagens longas. Por ora, as estações de recarga não bastariam para, por exemplo, suprir a necessidade de milhares de veículos descendo a serra para o litoral em um feriado prolongado.

Essa mudança estrutural é extremamente necessária para a popularização dos veículos elétricos, e o barateamento da tecnologia embarcada ajudará ambos os modelos a ganharem mais presença nas ruas do país.

Conhecer a diferença entre o carro híbrido e o elétrico é muito importante para entender qual das duas opções se encaixa melhor nas suas necessidades. Desde o design até o consumo, passando por questões como conforto e manutenção, o poder de discernimento desempenha um papel primordial para que você faça o melhor investimento.

Agora que está por dentro das características de ambos os modelos, aproveite a visita ao blog e assine a nossa newsletter para se manter bem informado!



Notícias recentes
Nissan March
Nissan March Saiba mais...
Saiba o que é e para que serve a correia dentada do carro!
Saiba o que é e para que serve a correia dentada do carro! Saiba mais...
Saiba quais foram eleitos os melhores carros do ano de 2018
Saiba quais foram eleitos os melhores carros do ano de 2018 Saiba mais...
Saiba como evitar o desgaste prematuro dos pneus do carro
Saiba como evitar o desgaste prematuro dos pneus do carro Saiba mais...
Receba novidades por e-mail
Campo obrigatório Digite seu Nome
Campo obrigatório Informe um e-mail válido Informe um e-mail válido