6 tendências de tecnologia automotiva para você acompanhar


A tecnologia automotiva sempre avançou a passos largos e, todos os dias surgem novidades que tornam os veículos cada vez melhores e mais seguros. Pensando nisso, imagine como será daqui a dez anos. Será que finalmente teremos os automóveis voadores? Bom, talvez não. Mas é fato que os carros serão diferentes.


Ao longo deste texto vamos trazer 6 tendências da tecnologia automotiva que estão em alta e prometem muito para o futuro. Continue com a gente e fique por dentro do que está por vir e o que já acontece!

1. Carros autônomos

Muito se fala sobre os carros autônomos — que dispensam um motorista atrás do volante e se guiam sozinhos. De fato, o assunto ganhou força quando gigantes do mundo corporativo, como Google e Uber, começaram a desenvolver e testar seus protótipos.

Contudo essa história começa bem antes, lá em 2007, quando o Departamento de Defesa dos EUA lançou um desafio em busca de empresas que criassem um veículo que percorresse sem intervenção humana um percurso de 96 quilômetros cheio de obstáculos. Desde então, muita coisa mudou e a evolução foi grande.

Atualmente, esses veículos são classificados em 5 níveis, que variam de acordo com o grau de “independência do motorista”. Os de nível cinco, por exemplo, são capazes de levar você a um destino com quase nenhuma interação. É verdade que eles ainda estão um pouco longe do Brasil, mas modelos nível um e dois são bem comuns. Já ouviu falar em sistema de frenagem de emergência e controle de cruzeiro?

O fato é que, assim como aconteceu com os carros elétricos e híbridos há algum tempo, veículos autônomos nível cinco ainda tem um bom caminho a percorrer até serem uma realidade nas ruas, principalmente em nosso país. Contudo eles tendem a ser bem comuns no futuro.

2. Sistemas de comunicação entre veículos

Outra tecnologia automotiva que já está sendo desenvolvida e pode ser um divisor de águas para a utilização dos autônomos é o sistema de comunicação entre veículos. Cada vez mais os automóveis trocarão informações entre si. Por que isso é importante? Redução de acidentes e melhora na fluidez do trânsito. Quer ver?

Em uma pesquisa feita pela Universidade de Cambridge e publicada pela Revista Auto Esporte foi constatado que essa tecnologia pode melhorar o desempenho do trânsito em até 35% se aplicada aos veículos autônomos. Eles fizeram um teste bem simples para chegar a esse valor.

Alguns veículos autônomos foram colocados em um circuito simulando uma série de situações, como a quebra de um deles. Quando o carro supostamente quebrado parou, os demais ficaram aguardando até conseguir uma brecha para mudar de faixa e prosseguir.

No entanto, quando a comunicação entre eles foi liberada, assim que o veículo com defeito parava, os carros se comunicavam e traçavam o novo caminho de forma muito mais rápida. Aplicada aos dias de hoje, esse tipo de tecnologia poderia aprimorar sistemas como o controle de frenagem de emergência, por exemplo.

3. Biometria

Mas nem toda a tecnologia está relacionada à forma como os veículos serão conduzidos. Um dos grandes avanços da tecnologia automotiva foi a chave codificada, muito eficiente para evitar roubos. Agora, imagine se o veículo fosse ativado ao reconhecer o seu rosto? Esse é o sistema de biometria.

Ele é bem semelhante ao sistema de biometria que utilizamos para o reconhecimento das digitais, presentes até mesmo em alguns smartphones. Contudo o uso de sensores mais eficientes permite o escaneamento e comparação do rosto de uma pessoa com informações pré-fornecidas.

Dessa forma, apenas pessoas devidamente registradas têm acesso ao veículo. Perder a chave ou esquecer ela dentro do carro será coisa do passado. Mas há muito mais por vir e a tecnologia automotiva ainda tem muito a oferecer, como a conectividade com outros equipamentos e dispositivos.

4. Internet das coisas

O conceito de internet das coisas não é tão novo, mas tem crescido bastante ultimamente e tende a chegar ao setor automotivo. A ideia é, basicamente, ter o acesso de tudo via internet, ou seja, se conectar a um dispositivo e controlá-lo à distância. Mas, calma, ninguém vai guiar seu carro pelo celular — embora a tecnologia possa permitir.

O conceito de internet das coisas será muito importante no que diz respeito à manutenção dos veículos. Quantas vezes você já levou o seu carro a uma oficina mecânica e, após conectar o automóvel a um equipamento o mecânico resolveu os problemas apenas fazendo uma nova configuração?

Por que levar o carro à oficina? Com o conceito de internet das coisas, é possível acessar o sistema e fazer os ajustes sem que ele saia da sua garagem. De fato, com o desenvolvimento dessa tecnologia, é provável que você nem saiba que ocorreu uma falha, uma vez que o próprio automóvel informará o erro e entrará em contato com o responsável pelos reparos.

5. Realidade aumentada

Outra tecnologia que tende a ser útil tanto na condução do veículo quanto na manutenção é a realidade aumentada. É bem provável que você tenha uma central multimídia em seu carro. Agora, imagine se o para-brisa fosse a tela desse dispositivo. Bem melhor não?

Essa é uma tecnologia muito usada nos smartphones — em aplicativos como o Snapchat — e que já está sendo adaptada aos veículos. Sabe aquelas fotos com adereços que tanto gostamos? Agora, imagine isso em um carro. Em vez de ver um mapa como nos GPS atuais, você vê uma seta no para-brisa indicando o caminho. Mas não é só isso. Pense em como é difícil guiar em locais mais escuros.

E se a pista fosse demarcada e indicada por linhas coloridas mostradas no para-brisa, seria mais fácil, não? Na verdade, a realidade aumentada talvez seja um dos avanços da tecnologia automotiva mais perceptível a curto prazo, uma vez que ela já existe e está apenas em fase de aprimoramento.

6. Novos compostos

Outra tecnologia automotiva que tende a crescer é o uso de novos compostos na fabricação dos carros. A fibra de carbono, por exemplo, foi uma revolução quando criada e até hoje é usada nos supercarros devido ao seu baixo peso e alta resistência. Materiais “amigos da natureza” ajudarão na redução de emissões e no controle do consumo de combustível, além de melhorarem a autonomia dos elétricos.

Sabia que existem tapetes automotivos que utilizam folhas de bananeira como matéria-prima, e carros feitos em impressoras 3D? E isso não é o futuro, e sim o hoje. A tendência é que novos polímeros e ligas metálicas surjam, reduzindo o custo e melhorando a eficiência dos veículos.

Muito da tecnologia automotiva do futuro já está por aí, e é muito importante ficar por dentro do que vem pela frente, afinal, essas mudanças podem impactar bastante a forma como nos locomovemos e a segurança ao dirigir. Além disso, algumas delas podem chegar mais rápido do que imaginamos.

Quer mais novidades do setor automotivo? Então siga-nos no Facebook, Instagram, Twitter, Youtube e Linkedin!



Notícias recentes
Confira 4 vantagens de ter um carro com teto solar
Confira 4 vantagens de ter um carro com teto solar Saiba mais...
Saiba o que é e para que serve a correia dentada do carro!
Saiba o que é e para que serve a correia dentada do carro! Saiba mais...
Saiba quais foram eleitos os melhores carros do ano de 2018
Saiba quais foram eleitos os melhores carros do ano de 2018 Saiba mais...
Saiba como evitar o desgaste prematuro dos pneus do carro
Saiba como evitar o desgaste prematuro dos pneus do carro Saiba mais...
Receba novidades por e-mail
Campo obrigatório Digite seu Nome
Campo obrigatório Informe um e-mail válido Informe um e-mail válido