Como calcular o gasto de combustível do meu veículo


Ter atenção ao gasto de combustível pode ajudar você a ficar em dia com a manutenção do seu carro, mas, sem dúvidas, é o seu bolso que mais ganha com isso. Segundo o especialista César Urnhani, piloto de testes do Auto Esporte, boas práticas de direção e manutenção podem reduzir o consumo até pela metade!


E nessa onda de preocupação com a economia, sobra até para os carros automáticos, que muitas vezes são condenados pelo consumo elevado em relação aos veículos com câmbio mecânico. As novas tecnologias, entretanto, vêm mudando essa história, e mesmo assim não há nada tão grave que uma condução mais “tranquila” não compense a diferença.

Carros com boa autonomia sempre foram cobiçados pelos consumidores “urbanos” que precisam do automóvel para se locomover nas cidades. E com o aumento constante dos preços, o gasto de combustível pode ser até a palavra final na hora de comprar um carro novo.

Mas, e aí? Como descobrir se o seu carro é mesmo um “beberrão” e calcular combustível? É só seguir a leitura para conferir!

Como calcular o gasto de combustível?

Se o seu carro não conta com dispositivos automáticos para monitorar o consumo, não se preocupe, pois a conta é bem simples. Vale também para quem dirige carros mais modernos, mas deseja tirar a prova.

Quando for abastecer em um posto, zere o odômetro parcial ou anote o valor da quilometragem atual e complete o tanque do carro. Na próxima vez que voltar ao posto, anote os quilômetros percorridos e peça ao frentista para encher o tanque outra vez. Se não tiver zerado o odômetro (o que muitos carros antigos não permitem), basta fazer a diferença entre a nova quilometragem e a registrada na primeira visita.

Depois disso, é só conferir na bomba os litros que entraram no tanque do carro para saber a quantidade de combustível gasto no percurso. E, por fim, divida o valor do percurso pelo valor de litros:

Média de consumo = km rodados/ litros

Não se esqueça de que o resultado do cálculo será diferente na estrada e na cidade. Na estrada, o consumo tende a ser menor por várias razões: a movimentação do carro é contínua (exceto quando há engarrafamentos), é possível se manter em marcha alta e os trajetos contêm menos curvas (que exigem mais força do motor).

Portanto, se você costuma trafegar em rodovias com frequência, também é importante fazer o cálculo para viagens.

Como reduzir o consumo de combustível?

Após descobrir como calcular combustível, muitos motoristas acabam percebendo que o consumo está além do esperado. Esse é o seu caso? Não precisa se preocupar! Continue a leitura e confira as principais dicas para ajudar a economizar combustível!

Utilize as rotas mais adequadas

Um trajeto com muito congestionamento significa um alto gasto com combustível, o que demanda um bom planejamento de rota para evitar encarar esse problema. Para isso, uma boa dica é ter um bom GPS em mãos ou aplicativos de mapas e rotas, que vão ajudar e muito na hora de encontrar o melhor caminho até o seu destino final — e gastando menos combustível.

Acompanhe os níveis e a maturidade do óleo e do filtro de ar

Velas, filtro de ar e o óleo do motor são elementos essenciais para o bom funcionamento do veículo e também estão ligados ao gasto de combustível. A atenção a esses itens precisa ser constante para que a queima de combustível seja bem feita, pois, caso contrário, haverá uma elevação no consumo.

As velas, que têm a função de gerar energia na câmara de combustão para dar início à queima da mistura entre ar e combustível, são um dos equipamentos que mais podem influenciar no consumo dos automóveis. Já o filtro de ar, quando sujo, pode reduzir o fluxo de ar para o motor, o que prejudica a mistura de ar e combustível adequada para o bom rendimento do equipamento.

Dessa forma, as velas e o filtro de ar devem sempre ser trocados de acordo com as especificações recomendadas pelo fabricante.

E quanto ao óleo? Saiba que um óleo de má qualidade ou vencido pode aumentar — e muito — o consumo de combustível, uma vez que o atrito do motor será maior e provocará aquecimento. Assim, só coloque óleo de boa qualidade em seu automóvel!

Abasteça em estabelecimentos de confiança

Os postos são grandes aliados da redução do consumo de combustível, já que os preços podem variar bastante de um estabelecimento para outro. No entanto, se um posto comercializa combustível adulterado, a dor de cabeça será grande — afinal, os gastos com manutenção podem chegar a valores altíssimos e há a possibilidade de o consumo aumentar.

Assim, passe longe de postos de marcas desconhecidas e que ofereçam um combustível por um preço muito abaixo da concorrência. Outra dica para evitar abastecer o veículo com combustível batizado é procurar estabelecimentos vinculados a grandes redes e frequentados por taxistas ou frotistas, o que costuma ser um bom sinal.

Mantenha a calibração dos pneus

Pouca gente sabe, mas o estado dos pneus também influencia no consumo de combustível. Se eles estiverem murchos e mal calibrados, o motor do carro poderá ser mais exigido e, consequentemente, haverá a elevação do consumo.

Mas muito cuidado ao fazer a calibragem: se o procedimento for mal feito, isso pode aumentar o atrito do pneu com o solo e elevar o esforço do motor, o que também aumenta o consumo.

A calibragem dos pneus deve ser feita, no máximo, a cada 15 dias, seguindo as orientações do fabricante do automóvel. Para economizar combustível, também é fundamental manter a direção alinhada.

Quais são os principais aplicativos para calcular o gasto de combustível?

Os cálculos são simples, mas sair por aí com caneta e papel não é nada prático nos dias de hoje, não é mesmo? Existem centenas de aplicativos que podem ajudar a monitorar o gasto de combustível, e, a seguir, separamos algumas sugestões:

  • Nexer: aplicativo Android que faz um gerenciamento completo do seu carro. Com ele você pode planejar as manutenções, controlar o gasto de combustível e até melhorar a eficiência ao dirigir com um game interativo;
  • Carango: outro app Android que ajuda a calcular o gasto de combustível, além de controlar as despesas com manutenção. O diferencial é que ele permite conferir a evolução dos seus gastos utilizando gráficos;
  • Brasil Flex 2.0: disponível apenas para sistemas iOS, o aplicativo permite calcular e gerenciar o consumo médio, além de comparar a quilometragem percorrida e o combustível gasto;
  • Auto Care: outro app iOS que pode gerenciar até uma frota inteira, pois cadastra mais de um veículo. Em uma interface simples, você controla o consumo de cada carro e pode programar manutenções periódicas.

Como detectar anormalidades?

É recomendável anotar o histórico de consumo médio do carro, pois essa informação pode revelar muito sobre a situação do veículo. Em caso de algum aumento brusco no gasto de combustível, é necessário checar imediatamente, pois pode ser sinal de uma manutenção pendente. Já quando esse aumento é pontual, provavelmente a qualidade do combustível é duvidosa.

Uma forma fácil de verificar se o gasto de combustível do seu carro está saudável é comparar a sua média de consumo com a tabela do Inmetro. De qualquer forma, o ideal é estar sempre em dia com as manutenções periódicas para evitar surpresas desagradáveis.

Neste post, você pôde entender que não há mistério para calcular combustível. Gostou do conteúdo? Então não perca tempo e deixe o seu comentário, pois queremos saber a sua opinião!




Notícias recentes
Confira 4 vantagens de ter um carro com teto solar
Confira 4 vantagens de ter um carro com teto solar Saiba mais...
Saiba o que é e para que serve a correia dentada do carro!
Saiba o que é e para que serve a correia dentada do carro! Saiba mais...
Saiba quais foram eleitos os melhores carros do ano de 2018
Saiba quais foram eleitos os melhores carros do ano de 2018 Saiba mais...
Saiba como evitar o desgaste prematuro dos pneus do carro
Saiba como evitar o desgaste prematuro dos pneus do carro Saiba mais...
Receba novidades por e-mail
Campo obrigatório Digite seu Nome e Sobrenome
Campo obrigatório Informe um e-mail válido Informe um e-mail válido
Campo obrigatório