Carro híbrido ou elétrico: principais diferenças entre eles (escolha o seu!)

Automóveis passam por constantes mudanças. Afinal de contas, as fabricantes buscam a criação de opções cada vez mais eficientes e menos nocivas aos recursos naturais. Assim, surgiram os carros híbridos e elétricos, apresentando ferramentas tecnológicas capazes de reduzir a utilização de combustível fóssil na alimentação dos seus motores.


Entretanto, existem algumas distinções entre os dois modelos de veículos. Desse modo, é preciso ficar atento às características para saber qual se ajusta às suas necessidades. No mercado já figuram ambos, ganhando cada vez mais destaque dentro do ramo.

Carro híbrido ou elétrico: continue a leitura e conheça as principais diferenças!

O que são carros elétricos e híbridos?

Os carros híbridos têm motores a combustão e elétrico. Eles realizam um trabalho em conjunto, e a maneira de uso os classifica em híbrido-paralelo, híbrido-série e híbrido misto. Versões híbridas-paralelas utilizam motor elétrico para auxiliar no processo de combustão. Já nas em série ocorre o oposto, pois o motor a explosão funciona com um gerador, ou seja, é capaz de carregar as baterias do veículo.

Enquanto isso, carros híbridos-mistos chegam com motores que garantem a movimentação. Em reduzidas velocidades, o responsável por isso é o motor elétrico. A parte a combustão gera a energia suficiente para recarregar as baterias junto ao sistema de frenagem. Assim que a velocidade aumenta, o propulsor a explosão toma lugar.

Nos modelos de veículos elétricos, os motores são alimentados por baterias recarregáveis. Dessa maneira, a eletricidade faz o carro se movimentar nas ruas. Os combustíveis não integram esse tipo de carro.

Quais as vantagens?

Modelos híbridos e elétricos apresentam grandes vantagens. O híbrido utiliza o motor a combustão como auxiliar na carga das baterias e aproveita a energia provocada durante os processos de frenagens, dispensando a necessidade de carregamento. Além do mais, assegura uma manutenção muito parecida com a de um carro normal.

Ainda é preciso ressaltar que o modelo de carro híbrido entrega um ótimo desempenho em congestionamentos. Isso ocorre porque ele permite a condução somente com o motor elétrico e, durante as frenagens, as suas baterias são recarregadas.

Um dos mais importantes benefícios do carro elétrico diz respeito à sustentabilidade: ele não agride a natureza como os convencionais. De quebra, não emite gases poluentes e tem motor bastante silencioso. Portanto, os elétricos representam ótimas opções para quem pensa nos recursos naturais e deseja um automóvel inovador.

Como cada um funciona?

Carros elétricos não queimam combustíveis fósseis, pois o funcionamento se dá por meio de uma corrente elétrica. Para que isso aconteça, é necessário que o veículo tenha bateria, motor de indução, inversos e sistema de recuperação de energia.

A bateria recarregável armazena energia elétrica, posteriormente empregada no funcionamento do veículo. Já o inversor converte a corrente elétrica contínua em corrente alternada, que é conduzida até o motor por indução. Assim, a eletricidade liga os mecanismos do motor, que faz as rodas girarem e o automóvel andar.

Sem a queima de combustível, o carro não emite ruídos nem gera poluentes. Além do mais, a utilização de eletricidade permite que a energia seja mais bem usada, já que o mecanismo do motor faz menos atrito em comparação ao motor a combustão.

No modelo híbrido, o sistema central do veículo reconhece quando a bateria no motor elétrico está perto de acabar, e o processo de queima inicia até com o carro imóvel ou em deslocamento, ajudando no processo de recarga. A eletricidade atua para tirar o carro da inércia.

O gerador do carro híbrido é o responsável por transformar a energia cinética do motor a combustão em energia elétrica, que será utilizada pelo outro motor. Essa conversão pode acontecer durante as frenagens ou enquanto o veículo anda sem aceleração.

Qual a diferença entre eles?

O carro elétrico usa apenas o motor elétrico, e não apresenta motor a combustão como o de gasolina e álcool. Assim, existe só a energia elétrica. Os automóveis elétricos têm plug-in, normalmente localizado na parte da frente do veículo, servindo para completar a sua recarga, processo feito pelo eletroposto.

Já o modelo híbrido funciona com dois motores, um a combustão e outro que se vale da eletricidade fornecida pela bateria. A combinação entre esses dois itens é controlada por uma parte do veículo que sabe quando surge a necessidade de acionar o motor a combustão, ou motor elétrico ou a junção dos dois, conhecida como central.

A maioria dos carros híbridos não conta com plug-in para inserir na tomada, ou seja, ele é recarregado pelo motor a combustão.  

O que uma oficina precisa ter para atender um carro híbrido?

Esse ponto é relevante para quem deseja comprar um carro híbrido, visto que a revisão anual é algo que precisa ser levada a sério a fim de aumentar a durabilidade do seu carro. Nesse contexto, você precisa procurar oficinas com profissionais que sejam treinados para realizar essa manutenção.

Em contrapartida, no Brasil, ainda não existe uma regulamentação que habilita esses servidores. Por conta disso, alguns fabricantes têm como pré-requisito o curso de Segurança em Instalações e Serviços em Eletricidade.

Então, é válido ter o manual técnico para cada modelo de carro, seja ele elétrico ou híbrido. Afinal, cada componente pode ser diferente, assim como as ferramentas e formas de serem utilizadas.

O que precisa ser avaliado na hora de escolher um carro elétrico ou híbrido?

Em primeiro ponto, o comprador precisa ser cauteloso, ou seja, precisa estudar mais sobre o carro que deseja adquirir e quanto ele pode investir, pois um automóvel é um investimento razoável. Logo, é interessante saber o histórico do carro bem como escutar opiniões de pessoas que compraram carros híbridos.

Os carros totalmente elétricos têm tomado conta das ruas, visto que, segundo dados da ABVE, a aquisição desses veículos cresceu 115% no primeiro trimestre de 2022.

Quais são os carros híbridos mais vendidos no Brasil e quais são os seus diferenciais?

O Volvo XC90 T8 é um carro híbrido, com um design atraente e tecnologia avançada, que ajuda na segurança e comodidade, tanto do passageiro quanto do motorista.

Já o Volvo XC60 T8 Hybrid consiste em um tipo de veículo híbrido elétrico plug-in. Ele pode ser recarregado na rede elétrica e, assim, garante bateria com elevada autonomia e bom desempenho nas estradas.

A probabilidade de encontrar um híbrido ou elétrico no mercado só tende a aumentar nos próximos anos, visto que a população está em busca de veículos que não agridam os recursos naturais e não prejudiquem as gerações futuras.

O Grupo AB é uma empresa capaz de ajudar você ao longo do processo de escolha da melhor opção. Nossa marca oferece diversas versões para o público, sempre com excelente custo-benefício. Logo, podemos impactar significativamente sua decisão e, ainda, gerar economia para o seu bolso!

Gostou do post? Então aproveite para assinar a nossa newsletter e ficar por dentro de mais novidades acerca desse assunto!



Notícias recentes
Conheça os melhores carros da Volkswagen
Conheça os melhores carros da Volkswagen Saiba mais...
Conheça o novo Jetta e suas características
Conheça o novo Jetta e suas características Saiba mais...
Conheça o New HR-V e seus diferenciais
Conheça o New HR-V e seus diferenciais Saiba mais...
Recarga de carros elétricos: entenda como funciona
Recarga de carros elétricos: entenda como funciona Saiba mais...
Receba novidades por e-mail
Campo obrigatório Digite seu Nome
Campo obrigatório Informe um e-mail válido Informe um e-mail válido