Cruze ou Civic? Saiba agora qual carro comprar!


Mesmo ofuscados pelos SUVs, os sedãs médios contam com um público cativo, figurando entre os carros mais vendidos do mundo ano após ano. Em relação ao Cruze ou Civic, existe uma disputa bastante acirrada, envolvendo um autêntico americano e um tecnológico japonês.


O menor tempo no mercado não é exatamente um diferencial pois, apesar das décadas vividas na linha de montagem, a Honda soube se renovar para atrair olhares por onde passa. A decisão de compra precisa de uma comparação ainda mais apurada, pois são os detalhes que contam nessa disputa.

Quer saber qual é a melhor escolha entre Cruze ou Civic? Separamos as principais informações sobre os dois carros para que você selecione o ideal de acordo com suas necessidades. Confira!

Visual dos modelos

Ainda nos idos de 2006, o Civic surpreendeu o mercado com uma reestilização que, hoje em dia, seria considerada atraente e moderna. O chamado New Civic daquela época não parou no tempo, mas suas bases de design e o estilo futurista continuam a nortear as novas versões do modelo.

Com esse sarrafo elevado em uma das categorias mais disputadas do mercado brasileiro, a Chevrolet decidiu aposentar o Astra e o Vectra, modelos que fizeram notável sucesso mas que já estavam cansados e não geravam tantas vendas. O Cruze, de DNA estadunidense, foi o escolhido para essa missão, chegando ao Brasil em 2011.

Uma década depois, em 2021, ambos seguem modernos. O Cruze perdeu um pouco do visual sedã em sua traseira, que ficou mais tímida. Vale lembrar que o modelo conta com uma versão hatch e, por isso, talvez a reestilização não seja muito bem vista em um público tradicional. O que não significa ausência de harmonia no visual do projeto.

Já o Civic esbanja robustez, com uma frente imponente, vincos bem distribuídos e belos detalhes cromados na grade. A traseira também não lembra a de um sedã tradicional, mas está lá como deve ser, trazendo um design de lanternas sofisticado e uma altura refletida na capacidade de carga de seu porta-malas, algo desejável para a categoria. São 519 litros contra 440 do Cruze, uma vitória expressiva para o japonês!

Interior dos veículos

O Civic possui uma grande vantagem em relação ao interior: oferece cabine mais espaçosa e o painel conta com itens tecnológicos nos quais se vislumbra o atributo futurista, já mencionado. Em outras palavras, o modelo da Honda é uma verdadeira nave!

Há ainda muito bom gosto e refinamento na escolha dos materiais, que são agradáveis ao olhar e ao toque. Destaque para o volante, apresentando uma boa empunhadura, característica traduzida no prazer ao dirigir e no menor cansaço em viagens longas.

Por sua vez, o Cruze não decepciona, mas também não chega a surpreender. Ele segue uma fórmula mais tradicional e comedida, conservadorismo que agrada grande parte do público. O problema é que, no médio prazo, tende a parecer datado.

Custo-benefício

Nesse quesito, ambos apresentam benefícios semelhantes, a começar pela credibilidade de ambas as marcas e modelos. Mas há diferenças: enquanto no Civic há um fator tecnológico mais presente, e que não diminui a confiança do consumidor, o Cruze mantém a sua credibilidade em fórmulas mais antigas e, portanto, menos modernas.

Verdade seja dita, porém: na motorização, a Chevrolet soube se destacar ao oferecer um motor turbo, o que será visto com maiores detalhes daqui a pouco. Quanto a isso, é possível adiantar que o Cruze parece mais antenado às tendências do mercado.

A diferença na direção é igual às distinções entre o preço de ambos: mínima. E há vantagens significativas para o Civic, como um nível maior de conforto e espaço de sobra para bagagens e ocupantes.

Motores e câmbios

Como já apontado, o Cruze está melhor alinhado às tendências nesse quesito, pois disponibiliza motorização turbo. O downsizing funcionou bem no modelo, e seu motor de 1.4 cilindradas entrega 150 cv, mesma potência do 2.0 do Civic. Entretanto, o Cruze oferece um desempenho mais emocionante devido ao torque superior.

O câmbio automático do Cruze também se destaca, com seis marchas. Nocaso, o que pode ser considerado um ponto negativo para alguns no Civic é a transmissão contínua garantida pelo CVT de 7 velocidades, que faz com que as mudanças não sejam percebidas. Nesse cenário, alguns motoristas podem sentir falta do ronco do motor durante as trocas.

Para quem quer um projeto mais tecnológico e se contempla pela suavidade no funcionamento, trata-se de um ponto bastante atrativo para o Civic.

Consumo

Quando abastecidos com gasolina, o Cruze rende 11,1 km/l em trecho urbano, enquanto o Civic fica na casa dos 10,5 km/l. Na estrada são 14,2 km/l contra 13,0 km/l, respectivamente. Usando etanol, o modelo da Chevrolet registra 7,6 km/l na cidade e 9,9 km/l em rodovia. Já os números do Honda indicam, em ordem, 7,2 km/l e 8,9 km/l.

A maior economia do Cruze se justifica pelo motor mais magro, com menor número de cilindradas. O motor tradicional do Civic, embora confiável e dono de um excelente desempenho, entrega menos benefícios na hora de abastecer, mas seus outros atributos equilibram a balança.

Itens de segurança

O público brasileiro está cada vez mais exigente quanto à segurança, e o Cruze peca logo de cara ao oferecer uma direção mais leve do que o desejável, retirando essa sensação do motorista. O Civic é bem melhor equalizado, e transmite maior segurança ao condutor.

Em relação aos itens de série com essa finalidade, ambos os modelos são compatíveis, entregando basicamente as mesmas coisas aos compradores. Tanto o Civic quanto o Cruze disponibilizam bolsas infláveis frontais, laterais dianteiras e de cortina e um bom pacote de sensores de estacionamento, com câmeras integradas às centrais multimídia.

Outro ponto em comum diz respeito aos controles eletrônicos de estabilidade e tração, itens de extrema importância atualmente, com alta capacidade de evitar colisões e não apenas amenizá-las.

Embora a vitória pelo conjunto da obra seja do modelo da Honda, ao escolher uma boa concessionária você já garante um ótimo negócio, e tanto faz se optará pelo Cruze ou Civic. O Grupo AB está à disposição para lhe ajudar a tomar a melhor decisão nessa acirrada e saudável disputa!

Quer conhecer a fundo o modelo vitorioso em nosso comparativo? Então aproveite e saiba tudo sobre o Honda Civic!



Notícias recentes
Nissan March
Nissan March Saiba mais...
Saiba o que é e para que serve a correia dentada do carro!
Saiba o que é e para que serve a correia dentada do carro! Saiba mais...
Saiba quais foram eleitos os melhores carros do ano de 2018
Saiba quais foram eleitos os melhores carros do ano de 2018 Saiba mais...
Saiba como evitar o desgaste prematuro dos pneus do carro
Saiba como evitar o desgaste prematuro dos pneus do carro Saiba mais...
Receba novidades por e-mail
Campo obrigatório Digite seu Nome
Campo obrigatório Informe um e-mail válido Informe um e-mail válido