Carros elétricos: saiba tudo sobre esse tipo de veículo!

Os carros elétricos são o futuro do automobilismo, mas ainda são mais caros do que os modelos convencionais. A resposta para isso não é tão superficial quanto “porque as baterias ainda custam uma fortuna”, mesmo que essa seja uma das principais causas.


Segundo a Associação Brasileira de Veículos Elétricos (ABVE), em 2020, as vendas de automóveis eletrificados (elétricos e híbridos) cresceram muito no Brasil. Foram vendidos 19.745 veículos contra 11.858 em 2019. Esses números correspondem ao aumento de 66,5%, comparado ao declínio de 26,2% do mercado de carros com motor a combustão.

Como o mundo está caminhando para uma era sustentável em relação ao consumo e uso de produtos, é importante conhecer todos os detalhes dos veículos elétricos. Por isso, elaboramos este conteúdo com tudo que você precisa saber sobre o tema. Confira.

O que são os carros elétricos e como funcionam?

Como o próprio nome diz, esses modelos são alimentados por energia elétrica. Enquanto os modelos tradicionais necessitam de combustível fóssil para funcionar, os eletrificados movimentam-se graças à bateria recarregável, que aciona os demais sistemas, ar-condicionado, vidros, faróis, tela multimídia, sensores, câmeras, entre outros.

Aqui, é importante reforçar que também existem os carros híbridos. Neles, o motor funciona por meio das baterias, mas necessitam da combustão para dar partidas. Alguns modelos operam na ordem inversa: usam a eletricidade para ligar o motor e a combustão para se movimentarem.

Por que são mais caros?

O preço elevado ainda é um grande impedimento para a popularização dos automóveis eletrificados no Brasil. Para se ter ideia, o modelo mais acessível parte dos R$ 143.000, superior a quatro vezes mais caro do que um carro a combustão de entrada, que pode custar cerca de R$ 35.000.

Existem alguns que explicam os valores exagerados dos veículos elétricos no mercado brasileiro. A bateria custa cerca de 40% do preço da máquina e ainda é um problema para o bolso do consumidor, pois o lítio que a compõe é considerado “terra rara”, competindo com a produção de baterias de outros componentes, como celulares e computadores. Sem falar na alta do dólar, o que influencia muito o preço final.

Felizmente, os tributos aplicados sobre os elétricos baixaram muito nos últimos anos, mas poderiam ser ainda melhores. Em 2015, o imposto de importação era de 35%, mas, em 2015, foi para zero no carro eletrificado. O Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) caiu de 25% para cerca de 9%, em 2019.

Quais são as vantagens de ter esses veículos?

Conheça as vantagens de ter um automóvel desse tipo na sua garagem.

Menor poluição

A característica mais evidente dos carros elétricos é a emissão zero de gases e outras substâncias. Por isso, existem diversos incentivos que estimulam a aquisição desses modelos para não agredir o meio ambiente e melhorar a qualidade do ar. Isso também isenta esses veículos de rodízios nas cidades, favorecendo quem deseja transitar pelas vias com frequência e de modo sustentável.

Economia em longo prazo

Se o valor inicial de um automóvel eletrificado é elevado em relação ao modelo convencional, o retorno do investimento é recuperado em longo prazo. Além de não consumir combustível fóssil — que sofre reajustes exorbitantes —, a manutenção é mais barata.

A revisão dos elétricos se resume à durabilidade da bateria e pneus, já que os motores não têm componentes que estão presentes em motores comuns. Além de afastar os motoristas dos postos de gasolina, é possível passar um tempo considerável longe das oficinas.

Mais silencioso

Os carros eletrificados podem ser uma ameaça para os pedestres desatentos, porque são extremamente silenciosos. Sem o sistema de escape e a queima de combustível, a motorização elétrica trabalha em silêncio, gerando bem-estar e conforto acústico a bordo. A ausência de ruídos é tanta que alguns modelos emitem barulhos artificiais, especialmente quando estão em baixas velocidades.

Quais são os principais modelos vendidos no Brasil?

Conheça os carros elétricos mais vendidos no mercado brasileiro.

Nissan Leaf

O Nissan Leaf é um automóvel extremamente rápido e agradável de dirigir. Ele entrega 149cv e 32,7 kgf/m de torque que equivale a pilotar um esportivo de entrada com potência superior. Ou seja, ele vai de 0 a 100 em apenas 7,9 segundos.

Nas estradas, garante ultrapassagens e retomadas ágeis e seguras, além ser suave e silencioso. A direção elétrica foi aprimorada, garantindo firmeza sempre que o motorista pisa fundo no acelerador. Em relação às manobras e estacionamento, sua leveza e responsividade impressionam.

Sua suspensão foi ajustada para os impactos ficarem mais amenos e/ou imperceptíveis. Nas curvas, o automóvel não dobra tanto e, nos buracos da cidade e das estradas, ele não bate de modo violento. Traduzindo, ele é muito agradável de guiar.

A autonomia do Nissan Leaf corresponde a 389 km. Existem três modalidades de direção:

  • Eco: economiza energia elétrica e limita o desempenho;
  • B: utiliza a frenagem regenerativa para recarregar a bateria com mais eficiência;
  • D: prioriza a potência máxima do motor.

BMW i3

O i3 foi o primeiro modelo 100% elétrico que surgiu no mercado brasileiro. Com diversas funcionalidades de ponta, como alerta de frenagem automática e park assist (assistência automatizada de estacionamento), o hatch apresenta um design futurista e desempenho tentador — especialmente em áreas urbanas.

O veículo é suave, preciso e potente. Seu motor elétrico contém 170cv e 25 kgf/m de torque, transmitindo a potência para as rodas assim que o condutor pisa no acelerador. Por fim, vai de 0 a 100 em apenas 8 segundos, enquanto a autonomia da bateria é de 290 quilômetros.

Volvo XC40 Recharge Pure Electric

O XC40 Pure Electric, primeiro automóvel 100% elétrico da Volvo, chega em 2021. Ele indica o ciclo comercial que a montadora deseja para a próxima década, que é ter todo o seu catálogo veicular com zero emissões.

A bateria tem 78kkWh e faz carregamento rápido de 40 minutos, correspondendo a 80% e obtendo alcance de 320 km com uma carga. Tem 418 km de autonomia a 100% e vai de 0 a 100 em menos de 5 segundos.

Esse veículo será comercializado em versão única e contará com todos os itens de série do XC40 Hybrid, como alerta de tráfego cruzado, frenagem automática de emergência, piloto automático adaptativo, sistema de manutenção de faixa e o recurso Volvo On Call.

Como visto, os carros elétricos oferecem diversas vantagens para motoristas, terceiros e meio ambiente. Sem falar na economia para mantê-lo, como manutenção barata, eliminação do uso de combustíveis fósseis, potência imediata, tecnologias de ponta e estabilidade ao dirigir.

Despertamos seu interesse sobre os modelos eletrificados mencionados? Aproveite e acesse o nosso site para conhecer essas e outras opções de veículos novos e seminovos.



Notícias recentes
Nissan March
Nissan March Saiba mais...
Saiba o que é e para que serve a correia dentada do carro!
Saiba o que é e para que serve a correia dentada do carro! Saiba mais...
Saiba quais foram eleitos os melhores carros do ano de 2018
Saiba quais foram eleitos os melhores carros do ano de 2018 Saiba mais...
Saiba como evitar o desgaste prematuro dos pneus do carro
Saiba como evitar o desgaste prematuro dos pneus do carro Saiba mais...
Receba novidades por e-mail
Campo obrigatório Digite seu Nome
Campo obrigatório Informe um e-mail válido Informe um e-mail válido