segunda, 13 de junho de 2016

Nissan March e Versa ganham opção com câmbio automático

A Nissan finalmente adotou uma opção de câmbio automático para seus modelos compactos nacionais, com preços a partir de R$ 54.090 para o March, e R$ 57.990 para o Versa, que já começam a aparecer nas concessionárias.

Assim como no Sentra e no Altima, a opção foi um CVT (transmissão continuamente variável, na sigla em inglês), que casou muito bem com o motor 1.6 de 111 cavalos da Nissan.

O descanso para o pé esquerdo custará R$ 4,8 mil a mais nas configurações SV e SL. Apenas a versão mais completa do Versa (Unique) perderá a opção manual para adotar o CVT em 100% dos carros com um custo menor (R$ 1.600).

Nissan March e Versa ganham opção com câmbio automático

Como funciona?

O câmbio CVT é chamado de automático, mas na realidade não há troca de marchas. O sistema é composto por duas polias de diâmetro variável, ligadas por uma correia metálica - a primeira recebe o torque do motor, e a segunda transmite ao diferencial.

Principal recurso do CVT da Nissan, o sistema Lock Up com Active Slip Control transmite o torque da polia de forma gradual, resultando em respostas mais ágeis na aceleração do que na geração anterior do mesmo câmbio. Apesar das alterações, a marca garante ter mantido a estrutura principal da caixa CVT do segmento dos sedãs médios. Foram aplicados nova correia com maior área de contato, aumento na rigidez da polia e houve redução de atrito de 30% na bomba de óleo.A relação das marchas foi alongada, fazendo com que o motor trabalhe quase sempre em baixas rotações acima dos 80km/h, o que privilegia o consumo. A função overdrive permite elevar a faixa de giro do motor

Com etanol, o March 1.6 registrou média de 7,8 km/l na cidade e 9,8 km/l na estrada, de acordo com os padrões do Inmetro. Com gasolina, ele faz 12 km/l na cidade e 15 km/l na estrada.

Em trecho de estrada entre São Paulo e Itatiba, o consumo instântaneo do March equipado com CVT chegou a marcar mais de 20 km/l.

Já o Versa obteve 7,8 km/l (cidade) e 10 km/l (estrada) com etanol, e 12 km/l (cidade) e 14 km/l (estrada) com gasolina, conforme medição do Inmetro.

Adaptado ao Brasil
Embora seja importada do México, a nova caixa de câmbio do March e do Versa foi adaptada para as condições de uso no Brasil e também exigiu uma melhora no isolamento acústico dos modelos.

A engenharia da Nissan deu uma nova calibragem, trocou a correia por uma de maior contato, aumentou a rigidez da polia e otimizou o trabalho da bomba de óleo. Isso tudo reduziu o atrito e também ajudou no consumo.

Já o isolamento foi melhorado para conter os "berros" do CVT com material de maior densidade na cobertura interna do capô, instalação de para-brisa acústico e placas antirruído nos para-lamas, no painel e no console central.

Novos consumidores

Com a opção de câmbio automático, a Nissan atende aos pedidos de possíveis interessados que já estão acostumados a não fazer trocas manuais de marcha.

Segundo a fabricante, 95% dos atuais donos de carros sem pedal de embreagem querem manter esse recurso no próximo carro. Outros 40% de futuros compradores de compactos também pensam em um automático em vez do manual.

Venha conferir outros modelos da Nissan na AB San Diego: http://www.grupoab.com.br/nissan/novos/

Saiba Mais sobre o mundo do automóvel: http://www.grupoab.com.br/blog/

Conheça Grupo AB: http://www.grupoab.com.br/

Fonte: Auto Esporte

Fonte: Vrum

Nissan March e Versa ganham opção com câmbio automático
Notícias recentes
Nissan confirma Leaf Nismo Nissan confirma Leaf Nismo Saiba mais...
Accord 2018 americano chega ao mercado a partir de US$ 23.570 Accord 2018 americano chega ao mercado a partir de US$ 23.570 Saiba mais...
Honda mostra teaser do conceito Sports EV Honda mostra teaser do conceito Sports EV Saiba mais...
Volkswagen Polo 2018 chega com preços a partir de R$ 49.990 Volkswagen Polo 2018 chega com preços a partir de R$ 49.990 Saiba mais...
Busca


Receba novidades por e-mail
Campo obrigatório
Campo obrigatório Informe um e-mail válido Informe um e-mail válido