Disco de freio: para que serve e quando deve ser trocado?

Você sabe para que serve e como funciona o disco de freio do carro? Essas informações são fundamentais para garantir uma direção mais segura a todos — motoristas, passageiros e pedestres. Com elas, afinal, é possível identificar com agilidade possíveis problemas no veículo e, assim, evitar acidentes e minimizar riscos.


Nas próximas linhas, vamos falar sobre o tema e explicar a importância dessa peça para o funcionamento perfeito do veículo. Quer entender quando o disco de freio deve ser trocado e, dessa forma, garantir uma boa manutenção do seu carro? Então continue a leitura!

O que é o disco de freio?

O disco de freio faz parte do sistema de frenagem do carro e é feito geralmente de ferro fundido ou metal. Essencial para um processo de direção seguro, essa importante peça deve passar por manutenções corretas e ser trocada em seu devido tempo.

Para que serve?

O processo de frenagem gera calor. Diante disso, o sistema de freios do carro tem a função de transformar a energia cinética em energia térmica. Esse procedimento é de responsabilidade dos discos e pastilhas de freio e dos tambores.

Quais são os tipos de discos?

Existem diferentes tipos de discos de freio, que se diferem principalmente quanto à forma como o calor é dispersado. Confira a seguir!

Disco sólido

É mais barato que os outros, mas possui menor rendimento em situações de frenagem extrema, já que sua estrutura única, feita de ferro maciço, não favorece seu resfriamento. De acordo com o diretor da AEA(Associação Brasileira de  Engenharia Automotiva), Marcos Vinicius Aguiar, esse tipo de disco é comumente encontrado no eixo traseiro de carros maiores e nos eixos dianteiros de veículos compactos 1.0.

Disco ventilado

Conta com uma estrutura formada por dois discos mais finos unidos por uma câmera interna, o que favorece o resfriamento mais rápido do sistema de frenagem. Normalmente é encontrado em veículos mais potentes e/ou esportivos

Disco perfurado

Apresenta grande poder de frenagem, principalmente durante as chuvas. Possui perfurações que potencializam o atrito das pastilhas com os discos, melhorando, assim, o desempenho dos freios. Os discos perfurados são mais comuns em esportivos com motores de alto desempenho e em carros de luxo.

Quando o disco deve ser trocado?

O disco de freio é uma das principais peças do sistema de frenagem, por isso, é essencial que sejam feitas as devidas manutenções para garantir seu funcionamento em perfeitas condições. O ideal é fazer a revisão a cada 5 mil quilômetros ou sempre que notar algum sinal de mau funcionamento, como barulhos e dificuldades de frear o veículo.

Assim, o disco de freio é uma importante peça que, juntamente com as pastilhas e os tambores, constitui o sistema de frenagem do carro. Sejam os discos do seu veículo sólidos, ventilados ou perfurados, é fundamental revisá-los e substituí-los periodicamente.

Gostou deste conteúdo? Com essas informações, ficou fácil entender a função do disco de freio e quando ele deve ser trocado, não é mesmo? Então aproveite a visita em nosso blog e saiba também o que é e para que serve uma pastilha de freio!



Notícias recentes
Conheça os melhores carros da Volkswagen
Conheça os melhores carros da Volkswagen Saiba mais...
Conheça o novo Jetta e suas características
Conheça o novo Jetta e suas características Saiba mais...
Conheça o New HR-V e seus diferenciais
Conheça o New HR-V e seus diferenciais Saiba mais...
Recarga de carros elétricos: entenda como funciona
Recarga de carros elétricos: entenda como funciona Saiba mais...
Receba novidades por e-mail
Campo obrigatório Digite seu Nome
Campo obrigatório Informe um e-mail válido Informe um e-mail válido