Como fazer test-drive? Veja o que você não pode deixar passar

Testar um produto que pretendemos comprar é sempre uma boa ideia, especialmente se for algo de grande valor, como um veículo. Afinal, isso traz a garantia de que você não terá surpresas desagradáveis e elimina o risco de pagar por algo que você não conhece. Por isso, preparamos um post ensinando como fazer test-drive.


Trata-se de um momento muito importante, no qual você poderá compreender o funcionamento do carro, suas principais características e se o modelo está em perfeita sintonia com suas demandas, expectativas, anseios e necessidades. Continue sua leitura e veja o que você não pode deixar passar!

Defina bem o dia do test-drive

O primeiro passo é definir bem o dia do test-drive. Embora isso possa parecer um mero detalhe, é algo que fará toda a diferença na forma pela qual você analisará o veículo e observará os detalhes mais relevantes para sua compra. Se você tiver crianças, por exemplo, o ideal é escolher um horário no qual estejam na escola ou em outras atividades.

Também não é uma boa ideia ir atrasado para o trabalho ou em períodos muito movimentados: priorize sua tranquilidade e faça o agendamento em alguma situação na qual a concessionária esteja mais vazia, sem filas de espera. Via de regra, isso ocorre no meio da semana, no começo da manhã ou parte inicial da tarde.

Analise o funcionamento do carro

Outra dica crucial para você que quer descobrir como fazer test-drive é analisar minuciosamente o funcionamento do carro durante o trajeto escolhido. Esse é o momento no qual você poderá verificar se a direção é agradável, se o motor é barulhento, se a troca de marchas não apresenta dificuldades e assim por diante.

Lembre que o veículo será seu parceiro no dia a dia e deve atender suas demandas e necessidades. É interessante testá-lo em subidas, descidas e sentir como é a aceleração em uma pista mais livre. O volante deve ser fácil de manobrar e controlar, não respondendo muito devagar aos seus comandos nem rápido demais.

Avalie a qualidade do acabamento

Por fim, não dá para fazer um bom test-drive sem avaliar a qualidade do acabamento interno do veículo. Esse é um dos pontos que recebem críticas de muitos condutores nos dias de hoje, sobretudo em modelos de entrada e com configurações mais básicas. Entretanto, você precisa ver se o modelo que você deseja atende suas expectativas.

Para uma melhor impressão visual e tátil, veja se não existem parafusos aparentes, se os revestimentos internos das portas estão bem-feitos e se o painel conta com superfície homogênea. O porta-malas é outro ponto de atenção, sendo os compactos mais recomendáveis para quem não tem filhos e usa o carro para o trabalho.

Agora você já sabe como fazer test-drive. Não se esqueça de que você pode fazer perguntas para o vendedor e que pode contar com o Grupo AB para a ter toda a segurança e tranquilidade na hora da compra do seu veículo!

E agora, ficou animado para agendar seu test-drive? Então, não perca mais tempo e entre em contato conosco!



Notícias recentes
Ele vem aí! VW Jetta GLI 2023!
Ele vem aí! VW Jetta GLI 2023! Saiba mais...
Comparativos entre Honda City Sedan e Hatchback
Comparativos entre Honda City Sedan e Hatchback Saiba mais...
Carros elétricos: quais são os impactos ambientais do seu uso?
Carros elétricos: quais são os impactos ambientais do seu uso? Saiba mais...
Qual a infraestrutura para carros elétricos atualmente?
Qual a infraestrutura para carros elétricos atualmente? Saiba mais...
Receba novidades por e-mail
Campo obrigatório Digite seu Nome
Campo obrigatório Informe um e-mail válido Informe um e-mail válido