Elétricos, híbridos ou etanol? Descubra o futuro dos carros!

O setor automotivo vem experimentando muitas mudanças nos últimos anos e, por isso mesmo, um dos temas mais discutidos da sociedade é como se dará o futuro dos carros. E, ao que parece, mas maiores mudanças serão na motorização. Pensando nisso, resolvemos preparar este post mostrando as diferenças entre elétricos, híbridos ou etanol.


Em termos de mobilidade urbana, são alternativas interessantes e que devem ocupar uma fatia cada vez maior do mercado, mas cada uma tem suas próprias características, peculiaridades e perfis diferentes quanto aos impactos ao meio ambiente. Quer aprender mais sobre o assunto? Então, continue sua leitura!

O panorama dos carros elétricos

Como você já deve saber, um carro elétrico é aquele cujo motor é movido à eletricidade. Eles já são uma realidade no mercado, inclusive no brasileiro, usando sua tecnologia para ser uma opção em perfeita sintonia com os atuais preceitos de sustentabilidade, uma vez que é totalmente livre do consumo de combustíveis fósseis, como gasolina, álcool ou etanol.

O panorama dos modelos assim é bastante animador e diversos países vem apostando em incentivos para sua fabricação, com descontos em impostos e taxações. E, ao contrário do que muita gente pensa, os proprietários não economizam apenas com os menores custos de abastecimento, pois conta com menos componentes e sua manutenção é bem mais simples.

O panorama dos carros híbridos

Já os carros híbridos contam com menos modelos, mas também são bastante interessantes e bem menos poluentes do que os veículos à combustão. Como o próprio nome já diz, eles utilizam dois motores, sendo um elétrico e um tradicional, que utiliza algum combustível fóssil, mais comumente a gasolina e, eventualmente, o etanol.

Há bastante espaço para o seu crescimento no mercado, tendo em vista que são mais econômicos e também contam com benefícios fiscais. Outro ponto forte é sua autonomia, pois ele consegue rodar muitos quilômetros sem abastecimento. Por enquanto, parece ainda não ter se popularizado pelos altos preços de venda e seu peso elevado.

O panorama dos carros a etanol

Historicamente, o etanol é um combustível bastante utilizado no Brasil, pois costuma ter um preço menor do que o da gasolina e somos um dos maiores produtores mundiais. No entanto, nos últimos tempos, ele vem perdendo competitividade, mas existem planos de aumentar a sua participação e fornecer mais incentivos fiscais.

A maioria da frota brasileira atual é Flex e diversos especialistas apontam o uso do etanol como uma solução antes dos elétricos dominarem as ruas. Na fase de transição, é uma alternativa para retirar os automóveis mais velhos e poluentes, contribuindo para as metas de descarbonização e trazendo maior segurança energética.

Como pudemos ver, as perspectivas para o futuro são de ampla substituição dos modelos à gasolina e a sustentabilidade vem se mostrando como um dos fatores fundamentais que influenciam no cenário que está sendo construído.

Gostou de aprender mais sobre o futuro dos carros elétricos, híbridos ou etanol? Quer conferir outros conteúdos como este? Então, siga nossos perfis no Facebook, no Instagram, no Youtube, no Twitter, no LinkedIn e no Google Plus!



Notícias recentes
Conheça os melhores carros da Volkswagen
Conheça os melhores carros da Volkswagen Saiba mais...
Conheça o novo Jetta e suas características
Conheça o novo Jetta e suas características Saiba mais...
Conheça o New HR-V e seus diferenciais
Conheça o New HR-V e seus diferenciais Saiba mais...
Recarga de carros elétricos: entenda como funciona
Recarga de carros elétricos: entenda como funciona Saiba mais...
Receba novidades por e-mail
Campo obrigatório Digite seu Nome
Campo obrigatório Informe um e-mail válido Informe um e-mail válido