Cuidado com o carro na chuva de granizo

Saiba o que fazer se o seu carro for danificado pelo granizo, qual o melhor tipo de reparação e como evitar essas situações


Você está no meio do trânsito, começa uma baita chuva e, para piorar... vem granizo! Se o seu carro ficou todo amassado por conta das pedrinhas de gelo, o conhecido martelinho de ouro pode ser a solução. É uma técnica de funilaria muito utilizada para consertar a lataria dos veículos e indicada por ser rápida e pouco agressiva.

"O modo como será feito o reparo varia em cada situação", explica Wilson Zimmermann, proprietário da escola de martelinho de ouro SP Center Car. "Caso haja quatro amassados no teto, por exemplo, o profissional desguarnece a parte interna da tapeçaria e, através dali, introduz a ferramenta, desamassando os buracos. Em algumas situações, é necessário tirar todo o teto fora para conseguir trabalhar”.

O preço para reparar os danos depende da marca do automóvel e do tamanho do estrago, mas em geral, os orçamentos variam entre R$ 1.500 a R$ 2.800. Quando a pintura do carro é danificada, o proprietário deve se preparar para desembolsar de R$ 4.500 a R$ 18.000, dependendo do veículo.

Zimmermann conta que “é comum ter que repintar o carro, mas isso depende do estrago. Quando a pintura está intacta, só o martelinho resolve, mas ele é apenas um ‘desamassador’ de lataria. Na pior das hipóteses, é preciso fazer uma pintura geral”.

A boa notícia é que a maioria das seguradoras, como a Mapfre e a Porto Seguro, cobrem o conserto dos danos causados pelo granizo, desde que o custo do reparo atinja o valor da franquia contratada em apólice.

Zimmermann alerta os proprietários dos veículos que sofreram com as chuvas de granizo a não deixar o conserto para depois: "se houver trinco na pintura, o local pode absorver água, enferrujar e danificar a lataria".

Durante a chuva

O mais recomendado ao se deparar com uma chuva de granizo é procurar um lugar seguro para parar o carro, como um posto de gasolina, por exemplo. Segundo o engenheiro Francisco Satkunas, conselheiro da SAE Brasil, não é recomendado parar embaixo de árvores ou acostamentos. Caso não seja possível parar, o motorista deve ligar os faróis e diminuir a velocidade, sem ultrapassar os 40 km/h.

“É perigoso porque, se a estrada estiver coberta de granizo, as pedras de gelo criam o chamado ‘efeito bola de gude’, como se o automóvel estivesse passando por cima de uma pista forrada delas, com alto perigo de derrapagem”, alerta o engenheiro.

Ainda segundo Satkunas, não existe risco de ocorrer choque térmico com o carro. “Os carros têm para-brisa laminado, é muito difícil uma pedra de granizo estourar o vidro”. E mesmo após a chuva, é importante continuar trafegando com cuidado, pois a estrada ainda pode estar coberta pelo gelo.

Fuja do granizo

Para tentar fugir dessas situações desagradáveis, existem atualmente alguns recursos disponíveis. O Google, por exemplo, disponibiliza o aplicativo “Granizo alertas”, que envia uma mensagem caso esteja previsto chuva do tipo para qualquer região do país. É possível também se manter atualizado em sites meteorológicos, como o CPTEC, Climatempo, ou no centro virtual para avisos de eventos meteorológicos.


Você não precisa esperar muito para poder conhecer seu novo carro. Visite uma das nossas lojas do Grupo AB

Saiba Mais sobre o mundo do automóvel:

http://www.grupoab.com.br/blog/

Conheça Grupo AB:

http://www.grupoab.com.br/

Fonte: Revista Autoesporte

Notícias recentes
Para que serve o óleo da direção hidráulica e quando trocá-lo? Para que serve o óleo da direção hidráulica e quando trocá-lo? Saiba mais...
Saiba o que é e para que serve a correia dentada do carro! Saiba o que é e para que serve a correia dentada do carro! Saiba mais...
Saiba quais foram eleitos os melhores carros do ano de 2018 Saiba quais foram eleitos os melhores carros do ano de 2018 Saiba mais...
Saiba como evitar o desgaste prematuro dos pneus do carro Saiba como evitar o desgaste prematuro dos pneus do carro Saiba mais...
Busca


Receba novidades por e-mail
Campo obrigatório
Campo obrigatório Informe um e-mail válido Informe um e-mail válido