Como se planejar para comprar um carro novo

Você atingiu a tão desejada estabilidade financeira e agora quer saber como planejar a compra de um automóvel para realizar seu sonho sem surpresas desagradáveis no futuro. Não é para menos: investir em um carro novo consiste no melhor caminho para desfrutar de conforto e segurança, evitando visitas frequentes à oficina.


No entanto, essa conquista exige bastante planejamento financeiro para não enfiar os pés pelas mãos. Também é importante pesquisar muito com o objetivo de tomar a decisão correta, escolhendo o veículo mais adequado às necessidades de você e da sua família.

Ao longo do artigo ensinamos como planejar a compra de um automóvel e, nos tópicos a seguir, abordamos alguns pontos de apoio no processo. Continue conosco para conferir e tenha boa leitura!

Defina entre um carro novo ou seminovo

Não há nada como o cheirinho de carro novo, mas é importante observar que o mercado de seminovos também traz opções interessantes. Vários compradores não conseguem arcar com os financiamentos, enquanto outros preferem vender o veículo rapidamente por problemas pessoais ou trocar de automóvel a cada ano.

Independentemente da situação, é possível encontrar carros em excelente estado, com poucos quilômetros rodados e anos de garantia disponível, sem falar do preço acessível. Em inúmeros casos, adquirir um seminovo completo pode ser uma escolha mais sábia do que investir em um modelo de entrada zero-quilômetro.

É claro que nada se compara a ter um veículo novinho direto da fábrica. Se você é do tipo que gosta de estar à frente e desfrutar das novidades em termos de motorização e tecnologia, certamente essa será a alternativa apropriada.

Economize dinheiro

Sabemos que dinheiro é uma questão delicada para a maioria dos brasileiros. Portanto, caso queira saber como planejar a compra de um automóvel e garantir a negociação mais vantajosa possível, tenha em mente que o primeiro passo é fazer uma reserva de dinheiro para aumentar o seu poder de barganha. Ao adquirir um zero-quilômetro com uma entrada generosa e menos parcelas, o valor final do veículo pode cair significativamente, compensando custos essenciais como emplacamento, impostos e primeiras revisões.

Por outro lado, se você conta com uma boa quantia em dinheiro disponível para esse tipo de aquisição, os descontos para compra à vista oferecidos pelas montadoras variam de 3% a 10% em relação ao valor total do carro.

Avalie diferentes formas de aquisição

Para quem não dispõe do montante total do veículo no momento da aquisição, as duas opções disponíveis são o consórcio e o financiamento. Ambas apresentam vantagens e desvantagens, cabendo ao contratante avaliar a mais interessante de acordo com suas necessidades.

No consórcio, um grupo de pessoas contribui mensalmente para um fundo que funciona como “poupança compartilhada”. Todos os meses um ou mais participantes são sorteados para receber o crédito referente à compra do automóvel.

A maior vantagem do consórcio é a eliminação dos juros. Entretanto, esse tipo de processo pode se estender por vários anos e, portanto, figura como opção melhor para quem não precisa do carro com urgência. De qualquer maneira vale consultar a administradora, pois algumas delas permitem a oferta de lances para retirar o crédito mais cedo.

O parcelamento consiste na segunda e mais tradicional alternativa, cujos benefícios mudam segundo o período e as propostas de cada concessionária. Por via das dúvidas, é sempre válido ficar de olho aberto com relação às parcelas.

Faça parcelas do tamanho do seu bolso

Alguns cuidados são necessários ao assumir esse tipo de compromisso financeiro. O ideal é que o comprometimento da renda com dívidas não ultrapasse um terço dos ganhos mensais da família. Dessa forma, recomenda-se contabilizar todas as parcelas das dívidas já existentes com a nova prestação.

Faça uma boa pesquisa das taxas cobradas no mercado e abra o olho para as diversas cobranças incidentes sobre os financiamentos automotivos, como a Taxa de Abertura de Novo Cadastro (TAC). Pergunte sempre a respeito do Custo Efetivo Total e tenha em mãos uma calculadora financeira para identificar os juros reais da negociação.

Conheça os custos envolvidos ao comprar um carro novo

É fundamental considerar também os demais custos envolvidos na compra do carro novo, como documentação, impostos e taxas que incidem logo no fechamento do negócio – IPVA, licenciamento, emplacamento etc.

Outro fator a ser considerado é o seguro do carro zero-quilômetro. Pesquise com seu corretor antes de fechar negócio para não ser surpreendido.

Estude as melhores opções do mercado

Como se planejar a compra de um automóvel já não fosse tarefa complicada, o mercado nunca apresentou tantas opções para o consumidor. Alguns modelos que fazem sucesso atualmente são os novos Volkswagen Polo e Virtus, os clássicos Honda Civic e HRV em suas mais recentes gerações e até o moderníssimo Nissan Leaf, com motor totalmente elétrico.

Divirta-se estudando as diferentes oportunidades que o mercado oferece hoje em dia, mas jamais se deixe levar apenas pela empolgação, sempre considerando as suas circunstâncias e necessidades na compra.

Compre o veículo que atenda às suas necessidades

Quando se planeja a compra do veículo, a imaginação voa longe com a quantidade de alternativas. Ficar encantado por vários modelos é muito comum e até saudável, afinal quem nunca se distraiu sonhando dirigir um carro top de linha?

Entretanto, para fazer a escolha certa é vital manter os pés no chão. A razão precisa lhe ajudar a compreender suas reais necessidades, voltando seu foco para o automóvel que melhor o atende.

É hora de mirar nas suas atividades diárias: como o carro será utilizado? O uso tende a ser mais urbano ou a intenção consiste em rodar bastante em estradas?

Carros compactos são mais interessantes para o dia a dia das cidades, devido ao consumo reduzido e ao tamanho funcional para garagens e estacionamentos. Por outro lado, se você é do tipo que viaja com constância deve prezar pelo desempenho, ou seja, opções com motor mais potente, capazes de lhe dar segurança e conforto na estrada.

Pense também nos acessórios e equipamentos que considera primordiais para seu novo veículo – como ar-condicionado, sensores de estacionamento, central multimídia etc. – verifique em quais modelos eles já são oferecidos como itens de série.

Compre na melhor época do ano 

Geralmente, os meses de janeiro e fevereiro são ótimos meses para adquirir um veículo. Isso porque existe uma grande quantidade de modelos disponíveis nos estoque das lojas. Eles precisam ser comercializados, para isso muitas concessionárias precisam baixar os valores para conseguir vender. 

Logo, no início do ano os revendedores que apresentam automóveis parados no estoque, concedem boas oportunidades para conquistar o cliente. Assim, consiste em um bom momento para comprar o veículo desejado

É válido mencionar que no meio do ano é interessante comprar um carro se existir uma crise generalizada na área. Logo, se os resultados das vendas estiverem abaixo do desejado, pode acontecer das revendedoras oferecerem descontos. 

Isso porque as vendas ruins fazem com que as empresas criem estratégias com o objetivo de reverter a situação e reduzir as chances de vendas. Saiba que os últimos dias do mês são ótimos para conseguirem descontos, por causa das metas mensais. Esse ponto é válido para todos os meses do ano.  

Contudo, o final do ano é sem dúvidas a melhor época do ano para comprar o carro dos sonhos. Sendo assim, a partir de outubro até o fim de dezembro é mais vantajoso adquirir o veículo. 

 Nesse contexto, é válido mencionar que no final do ano existem diversas oportunidades e descontos. O clima natalino favorece o surgimento de boas alternativas de pagamento. Os vendedores precisam bater as metas anuais nas revendedoras, assim o desconto é garantido. 

No setor automobilístico também existe concorrência acirrada. Além das diversas opções das fabricantes e modelos de veículos, o cliente apresenta diversas opções de lojas para adquirir o seu carro. Assim, quanto mais próximo for o fim do ano e mais longe os vendedores estiverem de alcançar suas metas, mais chances de descontos os compradores terão. 

Geralmente, no final do ano as montadoras lançam novas versões dos carros. Sendo assim, as revendedoras aproveitam as situações para o renovar seu estoque para o próximo anos, para isso buscam ações que potencializam as vendas dos carros parados, como a redução dos preços. 

Todavia, é indicado adquirir ou trocar de carro no fim ou no começo do ano. Ou seja, entre setembro e fevereiro são ótimos meses para fechar o negócio e conseguir ter o automóvel. A Black Friday está ganhando cada vez mais destaque no país, assim os meses de novembro e dezembro são os melhores para comprar o carro nas revendedoras, já que elas também adotam essa estratégia para potencializar as vendas. Então, é bom aproveitar as oportunidades para realizar os sonhos e economizar. 

Faça investimentos 

Uma forma de conseguir poupar dinheiro para comprar um carro novo e realizar bons investimentos, saiba que essa ação pode favorecer o seu planejamento financeiro. Dessa maneira, você poderá realizar o sonho de ter um veículo o quanto antes. 

Uma forma de conseguir o dinheiro, é investir em uma renda extra, ou seja, você pode optar por abrir um negócio para trabalhar nas horas vagas. Isso permitirá você juntar dinheiro de forma mais rápida. 

Teste todas as opções nas lojas

As concessionárias costumam disponibilizar veículos para test-drive, então use e abuse desse serviço. Ande com o veículo e tente perceber aspectos como conforto, visibilidade e funcionalidade geral.

Consulte também os testes comparativos nas revistas especializadas. Eles fornecem dados de consumo, segurança e custos de manutenção, informações bem úteis para avaliar a melhor compra e concretizar um bom negócio.

Compare as propostas das concessionárias

Com as propostas e dados técnicos em mãos, é hora de comparar para chegar a uma decisão satisfatória. Veja qual concessionária disponibiliza mais vantagens e descontos e compare o tempo de garantia de cada marca e modelo, planos de manutenção e demais custos envolvidos.

Coloque os prós e contras na mesa e não tenha pressa para resolver. Seja precavido e tome a decisão com toda a calma do mundo.

Claro que o gosto pessoal costuma ter grande peso sobre os produtos que adquirimos, mas com todas essas informações em mente, saber como planejar a compra de um automóvel seguramente fica mais fácil. Além do prazer da realização, a tranquilidade é certa.

Agora que ficou por dentro do assunto, que tal dar o primeiro passo para comprar um carro? Entre em contato conosco e agende uma visita em uma de nossas lojas!



Notícias recentes
Conheça os melhores carros da Volkswagen
Conheça os melhores carros da Volkswagen Saiba mais...
Conheça o novo Jetta e suas características
Conheça o novo Jetta e suas características Saiba mais...
Conheça o New HR-V e seus diferenciais
Conheça o New HR-V e seus diferenciais Saiba mais...
Recarga de carros elétricos: entenda como funciona
Recarga de carros elétricos: entenda como funciona Saiba mais...
Receba novidades por e-mail
Campo obrigatório Digite seu Nome
Campo obrigatório Informe um e-mail válido Informe um e-mail válido